O conceito de computação quântica não é fácil de entender à primeira tentativa. Neste domínio não existem bits, mas sim qubits – os bits quânticos. Estes bits são diferentes pois conseguem representar uma sobreposição de 1 e 0, algo que na computação tradicional não acontece. Os investigadores acreditam que devido às propriedades especiais da computação quântica, no futuro teremos computadores muito mais poderosos e capazes de resolver problemas mega-complexos. A IBM já disponibiliza um serviço comercial que permite ‘testar’ um computador quântico, mas agora também a Google quer entrar nesta área. Na prática a gigante de Mountain View quer criar condições para que empresas e investigadores comecem já a desenvolver serviços e aplicações quânticas. De que servem os avanços nesta área se continuam acima de tudo fechados dentro das paredes das grandes empresas? O verdadeiro potencial da computação quântica só será desbloqueado quando o seu acesso for mais democratizado.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Netflix ultrapassa os 100 milhões de subscritores: A empresa norte-americana atingiu um marco histórico durante o segundo trimestre do ano. Entre abril e junho a empresa conquistou cinco milhões de novos utilizadores, 80% dos quais fora dos EUA. A Netflix faturou 2,78 mil milhões de dólares durante esse período, tendo conseguido um lucro de 66 milhões de dólares – mesmo não sendo elevado, representa um aumento de 50% relativamente a igual período do ano passado.
Fonte: The Verge

Revelada imagem do Nokia 8 com duplo sensor fotográfico: Depois de ter apresentado equipamentos de gama média no Mobile World Congress, a HMD Global parece agora querer conquistar clientes num segmento mais elevado. A primeira imagem do Nokia 8 revela um dispositivo com duplo sensor fotográfico e lentes Carl Zeiss. Especula-se ainda que o smartphone terá processador Snapdragon 835 e um ecrã de 5,3 polegadas com uma resolução de 2.560×1.440 píxeis.
Fonte: Venture Beat

Nintendo ainda não desistiu do seu projeto Quality of Life: Amplamente discutido em 2014, este era um projeto que colocaria a Nintendo num segmento de mercado pouco relacionado com o dos videojogos. Agora no seu mais recente relatório anual a tecnológica japonesa volta a fazer menção ao projeto Quality of Life, mostrando que a iniciativa ainda não foi totalmente engavetada. Através deste projeto a Nintendo quer monitorizar a qualidade do descanso dos utilizadores.
Fonte: Motherboard

Google quer levar computação quântica para a cloud: Não são muitas as empresas e organizações que atualmente estão a desenvolver iniciativas na área da computação quântica, o que torna o uso da tecnologia limitada. Mas isso pode mudar em breve. A Google estará a ponderar criar um serviço de computação quântica na cloud, o que facilitaria o acesso de mais interessados a esta tecnologia. A tecnológica não comentou as informações sobre o embryonic quantum data center, nome dado a esta projeto.
Fonte: Bloomberg

Botnet de pornografia no Twitter angariou 30 milhões de cliques: A empresa de segurança informática ZeroFOX descobriu uma vasta rede de perfis falsos e automáticos na rede social Twitter. A botnet denominada por SIREN continha 90 mil perfis que produziram 8,5 milhões de tweets. Em cada um destes perfis havia um link que redirecionava os utilizadores para sites pornográficos e no total esta rede conseguiu gerar perto de 30 milhões de cliques de utilizadores do Twitter. Os perfis já foram entretanto apagados pela rede social e todos os URL colocados numa ‘lista negra’.
Fonte: Engadget

Neste dia, no ano passado, foi assimSoftbank compra ARM em negócio milionário e Xiaomi poderá lançar dois portáteis