Antes do lançamento do Google Pixel a tecnológica norte-americana fez um grande trabalho de marketing – já depois do smartphone ter sido lançado, nem tanto. A Google concebeu sem sombra de dúvida um dos melhores smartphones de 2016 e atualmente ainda é provavelmente o equipamento que garante melhor desempenho fotográfico. Ao que parece a gigante de Mountain View não vai fazer grandes alterações no conceito do Google Pixel, aproximando-o mais de outros topos de gama como o Galaxy S8 e o LG G6. A Google parecia ter ambições renovadas para esta sua nova aposta nos smartphones, mas ao longo destes últimos meses parece ter ficado claro que o objetivo afinal não é lutar de igual com os outros ‘grandes’. Basta pensar na questão de disponibilidade do Pixel original, bastante limitada sobretudo nos mercados europeus. Talvez uma nova geração do smartphone traga uma nova abordagem.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Microsoft termina suporte para o Windows Phone: Desde ontem que os dispositivos equipados com o sistema operativo Windows Phone 8.1 já não têm suporte oficial da Microsoft. A tecnológica já não vai criar mais atualizações para o software e também já não vai oferecer apoio técnico. Termina assim aquela que foi uma etapa não muito conseguida por parte da Microsoft no segmento de consumo. Essa etapa iniciou-se com o Windows Phone 7 em 2010, mas as versões seguintes do sistema operativo nunca se afirmaram no mercado. O Windows 10 Mobile, a nova geração do sistema operativo, também não está a sair-se muito bem.
Fonte: The Verge

Revelada alegada primeira imagem do novo smartphone Google Pixel: A imagem mostra um equipamento que visualmente não é muito diferente dos Pixel originais, mas que tem apontamentos claramente diferenciadores. O maior de todos vai para a parte frontal quase sem margens, deixando o ecrã a ocupar a esmagadora maioria da fronte do smartphone. Os rumores falam num ecrã de seis polegadas AMOLED e que provavelmente vai ser fabricado pela LG.
Fonte: Android Police

Publicidade no Facebook Messenger vai ser alargada a todos os utilizadores: Até aqui a tecnológica só estava a experimentar este sistema em dois países. Os resultados obtidos parecem ter sido positivos, pois o Facebook pretende alargar a publicidade no ecrã inicial do Messenger para todos os utilizadores. A alteração deve acontecer ainda antes do final de 2017 e foi anunciada pelo diretor do produto de Messenger, Stan Chudnovsky.
Fonte: Venture Beat

Terceiro cofundador da Apple não está arrependido de ter vendido participação na empresa: Ronald G. Wayne é reconhecido como o terceiro cofundador da Apple, juntamente com Steve Wozniak e Steve Jobs. Mas apenas 12 dias após a criação oficial da empresa, vendeu os seus 10% por 800 dólares – atualmente valeriam o equivalente a 67 mil milhões de dólares. Em entrevista, Ronald G. Wayne diz que não está arrependido da sua decisão e que até ao final dos seus dias teria sido esta a escolha que sempre faria.
Fonte: Motherboard

Hoje há protesto contra o fim da neutralidade da internet nos EUA: O protesto tem o nome de Batalha pela Internet e vai contar com a participação de mais de 180 empresas ou organizações, incluindo alguns dos nomes maiores do mundo online. O objetivo é tentar chamar a atenção do regulador norte-americano para os efeitos negativos que o fim da neutralidade da internet pode ter no país. Ao longo do dia de hoje poderá encontrar várias mensagens e chamadas de atenção para este protesto, sobretudo em sites norte-americanos.
Fonte: The Independent

Neste dia, no ano passado, foi assimAlegada imagem do iPhone 7 circula na internet e foi encontrado novo planeta-anão no Sistema Solar