A introdução do leitor de impressões digitais foi um passo importante dado pela Apple na democratização desta tecnologia nos smartphones. A marca da maçã, como aconteceu várias vezes relativamente a outras tecnologias, não foi a primeira a fazê-lo, mas foi aquela que o fez com maior qualidade. Atualmente até os smartphones de gama média-baixa contemplam sensores biométricos. Além de garantirem um maior nível de segurança, garantem também uma maior comodidade naquela que é uma das ações mais comuns nos smartphones – o seu desbloqueio. Depois de ter liderado uma ‘mini-revolução’, a Apple pode estar preparada para tirar protagonismo ao Touch ID. Segundo as informações apuradas, a gigante de Cupertino quer apostar noutros sistemas biométricos. O Touch ID ainda é uma parte importante na estratégia da Apple, sobretudo na implementação do sistema Apple Pay. Descartar por completo a tecnologia parece pouco provável, resta saber que espaço vai reservar para este sistema no smartphone – oxalá não seja mal posicionado na parte traseira do smartphone, tal como a Samsung fez.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Falha no sistema da bolsa Nasdaq coloca ações de tecnológicas a 123,47 dólares: Foi um erro provocado por dados oriundos de uma fonte externa, admitiu o próprio Nasdaq, que ainda estará a tentar perceber em concreto o que aconteceu. Mas devido à falha várias empresas, incluindo as maiores tecnológicas, viram o valor das suas ações a ser definido por defeito para 123,47 dólares. A informação surgia depois também em aplicações móveis e outros feeds de informação financeira. Amazon, Microsoft, Apple, Alphabet e Zynga estão entre as empresas afetadas.
Fonte: The Verge

Apple estará a preparar tecnologia de reconhecimento facial 3D como método de autenticação: A Samsung implementou um sistema de reconhecimento facial e da íris no Galaxy S8 e nenhum dos dois é suficientemente bom. Agora parece que a Apple pretende seguir uma lógica semelhante, mas usando uma tecnologia diferente. A marca da maçã vai usar uma tecnologia de reconhecimento facial a três dimensões, o que poderá aumentar a eficiência do processo de autenticação, mesmo com o dispositivo pousado sobre uma mesa. O que ainda não é totalmente certo é o que vai acontecer ao Touch ID: estará a Apple preparada para substituir o leitor de impressões digitais ou vai também dar-lhe uma nova vida?
Fonte: Bloomberg

Tencent vai restringir número de horas que menores podem ter no jogo Honor of Kings: A pressão sobre grandes níveis de vício vem sobretudo da China, onde o jogo tem mais de 160 milhões de utilizadores ativos. Agora a Tencent decidiu que utilizadores com menos de 12 anos só vão ter acesso a uma hora de jogo por dia, enquanto que jovens até aos 18 anos vão poder jogar duas horas no máximo. Recorde-se que a Tencente já tinha criado um sistema que bania os jogadores que mostrassem fortes sinais de vício nos seus jogos.
Fonte: Engadget

O ‘autocarro do futuro’ afinal pode ter sido uma fraude: Lembra-se do autocarro capaz de andar por cima dos automóveis, o que lhe permitiria evitar grandes congestionamentos? Depois de ter sido montado um protótipo de testes, o projeto foi abandonado. Agora as autoridades chinesas estão a investigar a empresa responsável pelo projeto, a TEB, por possível burla de investidores, com o diretor executivo da empresa, Bai Zhiming, a ter sido alegadamente detido pela polícia.
Fonte: Quartz

Protótipo de jogo Rayman para a SNES disponibilizado online: Esteve em desenvolvimento, mas nunca chegou a ser completado e lançado. Mais de duas décadas depois o jogo de Rayman que estava a ser desenvolvido para a SNES pode ser ‘jogado’. O ficheiro disponibilizado contém apenas uma área de jogo e nem sequer existem inimigos. A fonte deste ficheiro é Michel Ancel, o próprio criador de Rayman. Os interessados podem fazer download do protótipo aqui.
Fonte: Polygon

Neste dia, no ano passado, foi assimMicrosoft pode apostar num Surface all in one e chineses vão procurar vida extraterrestre