Ainda ontem a Wired publicou uma reportagem onde explica as novas ambições da Microsoft com os processadores FPGA. Conhecido como Project Catapult, são processadores que podem ser moldados às necessidades dos sistemas de inteligência artificial da tecnológica. Estes chips são reprogramáveis e devido à sua natureza ‘flexível’ permitem uma maior taxa de cálculos por segundo. A Microsoft quer colocar estes processadores FPGA nos seus centros de dados para estar preparada para a próxima revolução. A inteligência artificial é o novo campo de batalha entre tecnológicas. Não significa isto que aquele que criar o melhor assistente vai ser o vencedor – ainda que possa ajudar. Mas aqueles que integrarem melhor a inteligência artificial nos seus atuais serviços serão os que vão conseguir perdurar mais no tempo: a Google e o seu Allo tentam isso mesmo.

Boa terça-feira.

Microsoft traz inteligência artificial para o Office 365: A tecnológica norte-americana pode ter no Windows a sua maior montra, mas nos últimos tempos a Microsoft tem feito uma aposta considerável na inteligência artificial. Depois da Cortana e dos bots para o Skype, agora a empresa de Redmond está a incluir elementos de IA no Office 365. Esta camada extra de inteligência executa algumas tarefas de forma automática pelo utilizador e consegue ter melhores sugestões de como concretizar determinadas tarefas. Também a ferramenta Dynamics 365 está a receber investimento em IA.
Fonte: TechCrunch




YouTube Go permite ver vídeos em modo offline: A Google já permite que os subscritores do serviço YouTube Red possam guardar vídeos para ver mais tarde e sem acesso à internet. Mas este serviço implica o pagamento de uma mensalidade. Agora com o YouTube Go isso muda. A aplicação é gratuita e foi desenvolvida a pensar nos países em vias de desenvolvimento. O primeiro lançamento vai ser feito na Índia. A aplicação vai permitir escolher com que qualidade pretende guardar o vídeo, o que é importante para a poupança de dados quando o tráfego disponível é limitado.
Fonte: The Verge

Google Chrome ganha funcionalidade que permite guardar conteúdos: A tecnológica norte-americana sabe que há situações onde o acesso à internet nem sempre está disponível e a pensar nisso criou uma nova funcionalidade para o Chrome: download de conteúdos web. Seja uma página inteira, seja uma imagem, uma música ou um vídeo. Os utilizadores vão poder guardar virtualmente tudo o que encontrarem online e para poderem visualizar mais tarde.
Fonte: Google [Blogue]

Lenovo prepara mais despedimentos, sobretudo na divisão Motorola: A tecnológica chinesa confirmou que vai avançar com despedimentos, mas não adianta o número concreto de colaboradores que vão ser dispensados. Diz que serão menos de 2% dos 55 mil trabalhadores que tem atualmente: o que ainda assim vai afetar centenas de pessoas. A Lenovo confirma que a maior parte dos despedimentos será feita na divisão da Motorola, o que é resultado de uma maior integração entre a antiga marca de smartphones e a restante Lenovo.
Fonte: Droid-Life

NASA descobre novas evidências da existência de água na lua Europa: Há muito que o satélite natural de Júpiter é um dos ‘bons’ candidatos a albergar vida tal como a conhecemos na Terra. E isso acontece pois a NASA tem vindo a recolher fortes indícios da existência de água em Europa. Esta semana vai ser publicado um novo estudo que revela imagens daquilo que serão geisers de água que chegam a elevar-se a 200 quilómetros da superfície da lua. Estes geisers são também um bom indício para futuras missões de exploração, pois não implicam perfurar a superfície para aceder ao alegado oceano que existe no planeta.
Fonte: Wired