Felix Kjellberg, mais conhecido como PewDiePie, tem 54 milhões de subscritores no YouTube, o que faz dele uma das maiores estrelas da plataforma de vídeos da Google. Por isso quando o PewDiePie decide criar uma série na plataforma rival, o Twitch, este é um assunto que merece destaque. O primeiro episódio da série já está disponível, mas o mais interessante aqui é o timing: a aposta de PewDiePie no Twitch surge poucas semanas depois de uma polémica no qual esteve envolvido e que levou ao cancelamento dos conteúdos exclusivos que produzia com o YouTube. PewDiePie mostra-se também um crítico do boicote de publicidade do qual o YouTube tem sido alvo, dizendo que esta é uma situação que pode afetar os criadores com menor alcance. Independentemente das escolhas que Felix Kjellberg, esta é mais uma preocupação para a plataforma de vídeos da Google que tem estado sob pressão nos últimos tempos.

Boa terça-feira.

LeEco já não vai comprar a Vizio: Os tempos conturbados da tecnológica chinesa LeEco ainda não acabaram. A empresa tinha acordado a aquisição da fabricante de televisores Vizio por dois mil milhões de dólares, mas o negócio foi cancelado. A LeEco invoca problemas com os reguladores para a não concretização da compra. Este movimento era visto como estratégico para a entrada da LeEco e dos seus muitos produtos no mercado norte-americano. Mesmo com o negócio a não avançar, as duas empresas anunciaram uma parceria: a aplicação de conteúdos da LeEco virá instalada nos televisores da Vizio; e os televisores da Vizio serão vendidos na China.
Fonte: CNet




Twitter agora permite reações personalizadas pelas marcas nos vídeos em direto: Quando parece que já não há mais espaço para publicidade nos conteúdos online, eis que alguém surge com uma ideia criativa. O Twitter agora permite que as marcas interessadas possam comprar reações personalizadas que vão aparecer nos vídeos em direto. Em vez de terem apenas o símbolo do coração como forma de interação no Periscope, os utilizadores vão encontrar símbolos alternativos. A primeira campanha foi realizada ontem, 10 de abril, e foi alusiva à estreia de um novo filme.
Fonte: TechCrunch

Pirata informático russo detido em Espanha pode estar ligado ao hack das eleições norte-americanas: As provas de que houve influência externa nas eleições norte-americanas continuam a aumentar. O mais recente desenvolvimento do caso está relacionado com a detenção de Piotr Levashov, suspeito de ter participado nos ataques informáticos que terão tido influência no desfecho das eleições norte-americanas. Por agora o pirata informático russo continua em Espanha, mas os EUA já pediram a sua extradição.
Fonte: BBC

PewDiePie começa a produzir conteúdos no Twitch: Aquele que é conhecido como o maior youtuber da atualidade, o sueco Felix ‘PewDiePie’ Kjellberg, iniciou a produção de conteúdos na plataforma rival, o Twitch. O anúncio tinha sido feito pelo próprio PewDiePie num vídeo no YouTube, onde revelou a criação de uma série, chamada de Best Club, e que vai ser transmitida uma vez por semana no Twitch. O primeiro episódio já está disponível.
Fonte: The Verge / Netglow [Twitch]

Qualcomm responde à Apple também com um processo: No início do ano a Apple decidiu processar a Qualcomm por considerar que a empresa estava a cobrar em demasia alguns direitos por propriedade intelectual. Agora a Qualcomm responde à marca da maçã também com um processo. No caso da fabricante de chips a argumentação recai sobretudo nas alegadas tentativas que a Apple terá feito para ‘abafar’ o facto de haver iPhone 7 com chips da Qualcomm que garantem melhor desempenho que alguns iPhone 7 com chips da Intel. A Qualcomm diz ainda que a Apple interferiu noutros acordos que a tinha estabelecido e que foram feitos falsos testemunhos. O caso promete tornar-se num dos principais conflitos entre tecnológicas ao longo dos próximos tempos.
Fonte: Financial Times