Ontem foi dia de apresentação de novos iPhone, mas talvez a maior estrela do evento tenha sido a Nintendo – de forma direta e indireta. Direta porque apresentou o jogo Super Mario Run, fazendo chegar o seu maior ícone aos dispositivos móveis. E de forma indireta porque foram revelados anúncios importantes sobre Pokémon GO, um jogo que ajudou a criar em parceria com a Niantic e com a The Pokémon Company. Pokémon GO já foi descarregado mais de 500 milhões de vezes, vai ter uma versão da aplicação exclusiva para o Apple Watch e os jogadores vão poder comprar, finalmente, a pulseira que ajuda na jogabilidade do jogo. Talvez todos pudessem ter capitalizado mais se o lançamento originalmente previsto para julho tivesse sido cumprido. Mas mais vale tarde do que nunca.

Boa quinta-feira.

Pokémon GO Plus começa a ser vendido a 16 de setembro: A pulseira wearable foi desenhada para ajudar os jogadores de Pokémon GO, vibrando sempre que existem pokémon por perto. O dispositivo vai ser distribuído pela Nintendo e de acordo com a informação oficial vai estar disponível “na maior parte” dos países. O preço deverá rondar os 35 euros.
Fonte: Kotaku



Apple faz ajustes ao iPad Pro: Durante os anúncios de ontem, 7 de setembro, não houve qualquer referência aos iPad. Mas ‘debaixo da cortina’ a Apple decidiu aumentar o armazenamento base de todos os modelos do tablet, igualando so 32GB dos novos iPhone, e também baixou um pouco o preço aos iPad Pro – as diferenças chegam aos 100 euros nos modelos mais caros. As alterações também foram aplicadas a Portugal.
Fonte: MacRumors

Snapchat pode entrar na bolsa de valores: Para continuar a expandir a sua plataforma social o Snapchat vai precisar de mais dinheiro. E uma hipótese que alegadamente está em cima da mesa é esse dinheiro poder vir de uma Oferta Pública Inicial (IPO na sigla em inglês), ou seja, o Snapchat pode chegar à bolsa de valores. A empresa já estará a abordar alguns bancos no sentido de financiar a operação.
Fonte: The Information

Já disponível nova aplicação companheira de World of Warcraft: O jogo da Blizzard já teve mais popularidade, mas continua a ter uma grande e sólida base de jogadores. Para os mais dedicados existe agora uma nova aplicação companheira, disponível para iOS e Android, focada na expansão Legion. O objetivo é que o jogador possa fazer algumas ações através do smartphone quando não está por perto do computador. Por exemplo, é possível gerir o equipamento dos seus campeões.
Fonte: Slashgear

Intel vende 51% da divisão Intel Security, que será uma nova empresa: A divisão de segurança informática da Intel vai ser separada da empresa principal. A tecnológica norte-americana vendeu 51% desta divisão ao fundo de investimento TPG por 3,1 mil milhões de dólares.O diretor-geral da Intel Security, Chris Young, será o diretor executivo da nova empresa que deverá ser oficializada no segundo trimestre de 2017.
Fonte: TechCrunch

Sem mais artigos