Os resultados negativos gerados pelo caso do Galaxy Note 7 terão iniciado uma guerra de bastidores na Samsung. A tecnológica sul-coreana estará a ouvir investidores no país de origem e também nos EUA a fim de perceber que alterações na estrutura da empresa podem ser benéficas. Uma das alterações que terá sido proposta à Samsung é a divisão da tecnológica em duas empresas – algo que de resto não é raro de acontecer entre grandes tecnológicas. O eBay separou-se do Paypal. A HP dividiu-se em duas. E até a própria Google criou uma estrutura diferente com o nascimento da Alphabet. Uma possível divisão da Samsung permitira à empresa ser mais ágil no desenvolvimento de novos produtos e soluções, sem que isso tivesse um impacto tão direto nos resultados financeiros da empresa. Até ao final do ano a Samsung poderá dar voz a algumas das propostas que recebeu.

Boa segunda-feira.

Samsung está a ser pressionada para mudar estrutura da empresa: O caso do Galaxy Note 7 parece ter trazido alguma pressão à Samsung. A empresa de gestão de fundos Elliott Management Corp. terá proposto que a Samsung se divida – em empresa de operações e empresa de holdings -, que passe a ser listada na bolsa norte-americana, que pague novos dividendos aos acionistas e que acrescente três pessoas independentes ao seu conselho de administração.
Fonte: Bloomberg




Rede pública de abastecimento elétrico deixará de ser gratuita até junho de 2017: Nos primeiros seis meses do ano a rede pública de abastecimento para veículos elétricos começará a ser paga. O Ministério do Ambiente terá planos para tornar a rede paga durante a primeira metade de 2017. Até hoje esta rede de abastecimento já terá dado energia suficiente para 7,2 milhões de quilómetros de viagens.
Fonte: Jornal de Notícias

Crackers ganharam acesso ao sistema informático do elétrico de São Francisco: O caso parece uma cena digna de um episódio da série Mr. Robot. Um grupo de crackers conseguiu aceder ao sistema informático do elétrico de São Francisco, nos EUA, pedindo agora um resgate pelo acesso às máquinas. As máquinas de venda mostram mensagens de ‘Fora de serviço’ e ‘Viagens gratuitas’. A entidade responsável pelo elétrico, a MUNI, já reconheceu o ataque informático e diz estar a trabalhar para resolver o problema.
Fonte: San Francisco Examiner

Facebook diz que casos de ransomware são responsabilidade de extensões do Chrome: Este fim de semana circulou uma notícia que dava conta da existência de um problema no Facebook e no LinkedIn que permitia aos piratas informáticos propagar um ransomware através das imagens das redes sociais. O Facebook já veio negar esta ideia, dizendo que o problema estava na utilização de algumas extensões do navegador Google Chrome. O LinkedIn ainda não reagiu oficialmente ao caso.
Fonte: Engadget / Ars Technica

Tesla vai começar a melhorar sistema de condução autónoma gradualmente: É já a partir de dezembro que os donos de novos veículos da Tesla vão começar a receber atualizações que vão melhorar significativamente as capacidades de condução autónoma dos seus veículos. A confirmação foi dada pelo diretor executivo da Tesla, Elon Musk. O objetivo é que antes do final de 2017 os veículos sejam totalmente autónomos na condução.
Fonte: Electrek

Hoje é dia de Cyber Monday: Para o caso de ainda não ter comprado tudo o que queria durante os dias que estiveram associados à Black Friday, fique a saber que hoje, 28 de novembro, celebra-se a Cyber Monday. Na prática o conceito é o mesmo da Black Friday, mas com compras apenas disponíveis através da internet. Vale a pena usar a lista de referências da sexta-feira passada para saber quem está ou não a fazer descontos exclusivos online.