O Snapchat é mais do que uma rede social adorada pelo público mais jovem. O Snapchat é há muito um dos serviços que mais tem massificado a realidade aumentada. Os autocolantes que os utilizadores têm à sua disposição para animar as fotografias são na realidade filtros de realidade aumentada. São rápidos e precisos, querendo isto dizer que o Snapchat já tem uma tecnologia bastante avançada. Depois a aposta nos Spectacles e agora na Cimagine – além das próprias palavras de Evan Spiegel que diz que o Snapchat é uma empresa de câmaras -, parece cada vez mais claro que a realidade aumentada será o futuro da Snap Inc..

Boa segunda-feira.

Equipa da Cyanogen promete mais novidades para quinta-feira: O projeto Cyagnogen, uma versão alternativa do Android, pode ter os dias contados, mas a equipa não vai ficar com os braços cruzados. Esta quinta-feira a comunidade deverá ficar a conhecer o LineageOS, que será uma biforcação do CyanogenMod, sendo objetivo que o sistema operativo seja novamente sustentado por uma comunidade de programadores.
Fonte: Engadget




Snap Inc. comprou empresa israelita de realidade aumentada: A empresa Cimagine faz agora parte do universo da Snap Inc. A tecnológica israelita distinguiu-se nos últimos anos por ter desenvolvido uma ferramenta mobile de realidade aumentada, mas com um grande foco na compra e venda de objetos e outros bens. A nova empresa vai ao que tudo indica manter-se inalterada, passando a servir como um dos centros de investigação e desenvolvimento do Snapchat.
Fonte: TechCrunch

Star Citizen troca de motor de jogo, passa para a Amazon: O jogo que está em desenvolvimento desde 2011 vai demorar mais algum tempo até ficar completo. A equipa de desenvolvimento decidiu trocar o motor de jogo do CryEngine, da Crytek, para o Lumberyard, da Amazon. Os dois motores de jogo partilham algumas bases tecnológicas, mas haverá certamente muito trabalho que terá de ser refeito e adaptado.
Fonte: TechTimes

LG G6 pode chegar um mês mais cedo ao mercado: O próximo smartphone topo de gama da LG vai ao que tudo indica chegar mais cedo às lojas. A empresa sul-coreana estará a planear colocar o equipamento à venda entre o final de fevereiro e início de março, datas muito mais ‘madrugadoras’ do que o lançamento de abril do LG G5. O objetivo passará por encurtar a distância para outros lançamentos rivais, mas também para distribuir melhor o impacto do smartphone nas contas da empresa.
Fonte: ETNews

Apple responde ao processo da Nokia: O braço de ferro entre as duas empresas promete ficar ‘quentinho’. Depois do processo instaurado pela Nokia, a Apple decidiu remover todos os gadgets da marca Withings que tinha nas suas lojas online. A Withings é agora uma subsidiária da Nokia e esta decisão acaba por afetar um pouco a exposição e as vendas dos gadgets da marca.
Fonte: Slashgear