As últimas semanas devem estar a ser de grande reflexão para Evan Spiegel, o fundador da aplicação e rede social Snapchat. Além das Instagram Stories, também surgiram rumores de que a Apple estaria a preparar uma plataforma social ao estilo Snapchat. Evan Spiegel já tem uma base de seguidores suficientemente grande – acima dos 100 milhões – para não precisar de preocupar-se de forma séria. Ainda assim sabe que precisa de arranjar uma alternativa, algo diferente que volte a colocar o Snapachat à parte dos restantes serviços. Esse ‘golpe de teatro’ pode chegar de onde menos se espera: um dispositivo produzido pelo Snapchat. Ao que tudo indica a realidade aumentada será o grande foco. Mas numa altura em que nenhuma empresa conseguiu atingir a fórmula perfeita para o hardware de realidade virtual, poderá o Snapchat ter a receita?

Boa terça-feira.

Recolha dos Samsung Galaxy Note 7 pode custar mil milhões de dólares: Além do tombo gigante que a Samsung deu na bolsa de valores por causa dos problemas que estão a afetar o lançamento do Galaxy Note 7, estima-se que a tecnológica sul-coreana venha a gastar perto de mil milhões de dólares em todo o processo de recolha. A Samsung estará a proceder à chamada de 2,5 milhões de Note 7 que já estariam no mercado.
Fonte: TechTimes



Snapchat deverá entrar no segmento do hardware de realidade aumentada: À medida que os rivais têm ‘apertado’ com o Snapchat, como o Facebook com as Instragram Stories, a aplicação das partilhas efémeras pode estar a preparar um gadget de realidade aumentada. O Snapchat juntou-se à Bluetooth SIG, a organização que gere o standard Bluetooth. Por norma isto apenas acontece quando uma empresa tenciona desenvolver um equipamento com comunicação sem fios ou tenciona juntar-se a outro produtor de hardware. A criação de uns óculos é um dos cenários mais apontados ao Snapchat.
Fonte: Financial Times

Intel compra Movidius: A Movidius é uma empresa especializada na produção de processadores desenhados para ferramentas de análise de imagem e também de inteligência artificial. A empresa era parceira da Google no projeto Tango e também fornece chips para os drones da DJI. A aquisição da Movidius pode ajudar a Intel a concretizar o seu posicionamento como empresa de relevo no segmento do reconhecimento visual, tecnologia que pode ser usada em diversas áreas, incluindo a realidade virtual.
Fonte: Engadget

Google pode lançar tablet de sete polegadas antes do final do ano: Além de dois novos smartphones, a Google terá na calha um novo tablet. Se os rumores estiverem certos então deverá ser construído pela Huawei e vai ter 4GB de memória RAM. O último tablet lançado pela Google foi o Nexus 9 que chegou ao mercado há quase dois anos, em 2014.
Fonte: The Verge

Agência Espacial Europeia encontrou a Philae: A sonda que tinha sido enviada para a superfície do cometa 67P teve uma aterragem difícil e desde então a ESA quase não conseguiu comunicar com o equipamento. Vários meses depois viria mesmo a perder por completo a ligação com a Philae. Agora uma fotografia captada pela sonda-mãe Rosetta mostra o local exato onde está a Philae. A informação chega já numa altura tardia visto que a missão das duas sondas está prestes a terminar.
Fonte: ESA