A Sony já tentou abordar o mercado dos dispositivos móveis de várias maneiras. Já teve um telemóvel que era uma PlayStation portátil, criou um programa de certificação para que outros dispositivos pudessem executar jogos PlayStation e nos últimos tempos lançou alguns spin off das suas franquias. Mas nenhuma destas apostas teve resultados. Perante o sucesso de Pokémon GO, a Sony ficou melindrada com o facto de a Nintendo estar a gozar dos ’20 minutos de fama’ do jogo. É por isso que mesmo dias antes de a Sony revelar, possivelmente, duas novas consolas PlayStation, o CEO da empresa veio dizer que é objetivo da tecnológica fazer uma aposta agressiva nos jogos mobile. Há muito que os videojogos em dispositivos móveis são um caso de sucesso e até de estudo: se não podes vencê-los, junta-te a eles.

Boa segunda-feira.

Spacecom quer compensação da SpaceX por explosão de satélite: Quando na semana passada o foguetão Falcon 9 da SpaceX explodiu já tinha a bordo vários equipamentos, um dos quais era um satélite de 195 milhões de dólares da Spacecom, uma empresa israelita de telecomunicações. Agora procura uma compensação junto da SpaceX: um pagamento de 50 milhões de dólares ou uma viagem gratuita numa das próximas missões. A SpaceX ainda não reagiu.
Fonte: Reuters



Cidade norte-americana de Des Moines quer sair do Pokémon GO: As notícias insólitas relacionadas com Pokémon GO estão longe de acabar. Desta vez a assembleia municipal da cidade de Des Moines votou “unanimemente” para que o município possa ser excluído do jogo para dispositivos móveis. Em causa estão os grandes grupos de pessoas que alegadamente têm obstruído alguns negócios e provocado também alguma desordem na cidade.
Fonte: Engadget / Seattle Times

CEO da Baidu diz que empresa está atenta ao mercado europeu: O domínio que as tecnológicas norte-americanas parecem ter em território europeu em alguns segmentos de mercado não parece assustar o diretor executivo da Baidu, Robin Li. Aliás, o CEO até considera que a situação representa uma oportunidade para a sua empresa. A Baidu é conhecida por ter o maior motor de busca da China, mas a empresa tem outras ambições incluindo nos segmentos da inteligência artificial ou dos veículos autónomos.
Fonte: CNBC

Sony promete aposta agressiva nos jogos para dispositivos móveis: O diretor executivo da tecnológica japonesa, Kaz Hirai, confirmou que a Sony vai entrar agressivamente no mercado dos videojogos para smartphones e tablets. O CEO admite mesmo que é uma mudança pois significará que a empresa não estará apenas focada no segmento das consolas domésticas. As declarações tiveram por base uma análise ao jogo Pokémon GO e à aposta que a Nintendo tem feito nos meses recentes no ambiente mobile.
Fonte: The Financial Times

Intel não quer uma empresa chamada John McAfee: John McAfee é um especialista em segurança informática e fundador da empresa que deu origem ao antivírus McAfee. A empresa foi vendida à Intel, mas no final de 2014 a área de segurança da tecnológica passou a ser toda denominada de Intel Security. Agora John McAfee trabalha para MGT Capital Investments, um fundo que comprou a empresa D-Vasive, que disponibiliza software anti-espionagem. A MGT quer mudar o nome da nova empresa para John McAfee Global Technologies, Inc., mas a Intel já avisou para não o fazerem. O caso está no tribunal.
Fonte: The Register

Sem mais artigos