Foi uma das grandes jogadas de marketing entre tecnológicas no ano de 2016. A Snap Inc. conseguiu colocar todo o mundo a falar de um par de óculos de sol que era extremamente difícil de comprar. Os Spectacles chegam agora à Europa, um mercado onde o Snapchat não tem uma taxa de penetração muito elevada. Será que vamos assistir a nova loucura generalizada pelo equipamento? Certamente vai gerar bastante curiosidade, mas o grande momento dos Spectacles provavelmente já passou. Portugal fica para já de fora e a oportunidade mais próxima de conseguir estes óculos com câmara integrada é ‘aqui ao lado’, em Barcelona.




Waymo começou a testar tecnologia de condução autónoma em camiões: A divisão da Alphabet responsável por sistemas de condução autónoma está a expandir a sua área de influência. Até aqui a Waymo apenas estava focada em veículos ligeiros, mas agora já começou a testar a sua tecnologia em camiões. A tecnológica confirmou que atualmente só está a testar um camião. A Waymo aproxima-se assim da Uber no que diz respeito às apostas de mercado.
Fonte: BuzzFeed

Nintendo adia sistema de subscrição para jogar online: Esta subscrição estava prevista para o final de 2017, mas agora a Nintendo diz que o seu lançamento só vai acontecer em 2018. A gigante japonesa revelou também aqueles que serão os valores para o mercado norte-americano: um mês custará quatro dólares, três meses custarão oito dólares e um ano de subscrição vai custar 20 dólares. A Nintendo confirmou ainda que os subscritores vão ter acesso contínuo a determinados jogos clássicos, algo que também é um afastamento da ideia original da empresa.
Fonte: Kotaku

Utilizadores da Apple já gastaram cem mil milhões de dólares na App Store: A criação de uma loja de aplicações que pudesse tirar partido do hardware que a Apple estava a desenvolver foi de facto uma ideia revolucionária – e lucrativa. A marca da maçã anunciou ontem que os programadores já receberam no total 70 mil milhões de dólares em pagamentos, o que significa que o total gasto pelos utilizadores já deverá ter ultrapassado os cem mil milhões de dólares. E para os que pensam que a economia das apps está a abrandar a Apple também partilhou um valor interessante: ao longo dos últimos 12 meses o número de downloads de aplicações cresceu 70%.
Fonte: Engadget

Skype sofre grande transformação visual para competir com novos serviços: O Skype foi durante muito tempo uma das principais plataformas de comunicação online, sobretudo em modelo de videoconferência. Mas o aparecimento de novos serviços, que nem eram rivais diretos, acabou por mudar a atenção dos utilizadores para essas plataformas. Para tentar recuperar a atenção dos utilizadores, a Microsoft decidiu operar uma forte transformação visual e de funcionalidades no Skype. O serviço agora também tem algo semelhante às Snapchat Stories e tem uma secção dedicada para os bots de conversação.
Fonte: The Next Web




Google vai introduzir um bloqueador de anúncios no Chrome: Os adblockers são uma tendência de mercado e a sua integração direta em navegadores de internet não é nova. Mas para uma empresa que faz grande parte da suas receitas da publicidade online, colocar um bloqueador de anúncios numa das suas principais ferramentas é um movimento arrojado. A Google confirmou que no início de 2018 o Chrome vai bloquear de forma automática anúncios considerados agressivos – vídeos pop-up, com som e publicidade que ocupe a página inteira. A Google também disse que o Chrome terá capacidade para bloquear anúncios da própria rede da Google.
Fonte: The Verge

Spectacles já estão à venda na Europa: Londres, Paris, Berlim, Barcelona e Veneza são as cidades nas quais a partir de hoje será possível encontrar os Snapchat Spectacles, os óculos dedicados para a rede social. O preço é de 150 euros e a chegada acontece quase sete meses depois de o lançamento do equipamento nos EUA. A Snap Inc. revelou que tem 55 milhões de utilizadores diários na Europa e que passam pelo menos 30 minutos na sua plataforma.
Fonte: The Guardian

Neste dia, no ano passado, foi assimFacebook vai perceber tudo o que publicar e a mudança de paradigma nos computadores

Sem mais artigos