As telecomunicações voltam a estar em destaque – negativo entenda-se – nos números anuais apresentados pela Associação de Defesa do Consumidor. Foi o sector de atividade que maior número de queixas gerou. De acordo com a DECO, uma parte destas queixas está diretamente ligada com a questão da fidelização dos contratos e que em 2016 sofreu justamente uma alteração. Mas se quisermos há uma perspetiva positiva nestes dados revelados pela DECO: o número total de queixas baixou perto de 35% em comparação com 2015 e o número de queixas no sector das telecomunicações também baixou cerca de 10% no espaço de um ano.

Boa terça-feira.

Telecomunicações lideram queixas à DECO: A Associação de Defesa do Consumidor revelou que em 2016 recebeu um total de 460 mil reclamações dos mais variados sectores de consumo. O segmento das telecomunicações gerou, sozinho, 45.515 queixas, com a DECO a explicar que os períodos de fidelização motivaram uma boa parte destas queixas. “As estatísticas dão-nos razão e mostram por que razão estamos sempre a bater na mesma tecla, mas o problema da fidelização nas telecomunicações é o motivo que leva os consumidores a reclamarem mais”, disse o diretor do departamento legal da DECO, Paulo Fonseca.
Fonte: Jornal de Notícias




Dropbox Paper finalmente disponível para todos os utilizadores: Depois de quase um ano em fase beta, a ferramenta de produtividade da Dropbox está agora disponível para todos os utilizadores. O Dropbox Paper é um editor de texto como o Microsoft Word e o Google Docs, mas que aposta num interface mais ‘limpo’ e também em funcionalidades de colaboração.
Fonte: The Next Web

Fitbit pode despedir até 160 pessoas por causa de resultados abaixo do esperado: O mundo dos wearables continua a mostrar-se difícil e a Fitbit continua a sentir justamente esta dificuldade ‘na pele’. Os resultados para o último trimestre de 2016 vão ficar mais de 150 milhões de dólares abaixo do esperado, o que vai obrigar à eliminação de até 10% da força de trabalho. A Fitbit ainda não disse em que áreas vai cortar e se já vai afetar, por exemplo, os funcionários que vieram da aquisição da Pebble.
Fonte: The Information

LEGO lança rede social para os mais novos: Chama-se LEGO Life e é como uma versão ‘animada’ do Instagram onde só vai ver figuras LEGO. O objetivo é que este espaço seja seguro para as crianças que têm menos de 13 anos, havendo uma série de cuidados que foram tomados: as imagens dos utilizadores são avatares atribuídos de forma automática, assim como o seu nome. A LEGO Life está disponível nos EUA, Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Dinamarca, Áustria e Suíça.
Fonte: Wired

Super Mario Run foi descarregado 78 milhões de vezes: Foi um dos jogos móveis com melhor lançamento de sempre e agora a Nintendo revela números em concreto. Super Mario Run foi descarregado 78 milhões de vezes, com quatro milhões destes utilizadores a ter comprado o jogo. Isto significa que a taxa de conversão ronda os 5% – um valor não muito elevado, mas que pode ser compensado pelo facto de o jogo custar perto de dez euros.
Fonte: Eurogamer