Recentemente falámos do Twitch e de como o relacionamento com a Amazon era discreto, mas parecia estar a ir de vento em popa. Na altura também referimos que a Amazon apesar de improvável, acabou por ser uma escolha acertada para o serviço de livestreaming pois consegue aproveitar todo o poder da cloud que a gigante do comércio eletrónico também tem. Agora vemos mais sinais dessa parceria. O Twitch está pronto para mandar um ‘golpe’ no YouTube ao permitir que os utilizadores possam fazer upload de vídeos na plataforma. Ou seja, já não se trata apenas de vídeo em direto, agora o Twitch também vai ser um repositório de vídeo. Sabendo que o gaming é cada vez mais popular, a plataforma pode muito bem conseguir desviar utilizadores do todo-poderoso YouTube.

Bom sábado.

Apple condenada a pagar 300 milhões de dólares por infração de patente: A marca da maçã está em disputa com a empresa VirnetX desde 2010 por causa de patentes relacionadas com o serviço FaceTime. No ‘terceiro ato’ desta batalha o júri deliberou a favor da VirnetX, condenando a tecnológica de Cupertino a pagar uma quantia elevada de dinheiro. Mas ao que tudo indica o caso não vai ficar por aqui. A Apple deverá avançar para novo recurso. E também é dito que a VirnetX estará a preparar-se para novos processos relacionados com o serviço iMessage.
Fonte: Bloomberg




Novidades da TwitchCon: O serviço de streaming dedicado para videojogos está a organizar a sua conferência anual e foram anunciadas algumas novidades para os utilizadores. Foi anunciado o Twitch Prime, que na prática permite que as pessoas vejam o Twitch sem publicidade e tenham acesso a outras vantagens, como conteúdos e add-ons gratuitos em videojogos, se foram subscritores do serviço Amazon Prime. A partir de agora também será possível fazer upload de vídeos para o Twitch – uma bicada no YouTube -, o leitor HTML5 está disponível para todos e as aplicações para iOS e Android vão ter opções de edição de vídeo.
Fonte: Engadget

Salesforce pede à União Europeia para bloquear acordo da Microsoft com o LinkedIn: Aquele que é um dos negócios do ano já foi aprovado nos EUA, no Canadá e no Brasil. Numa tentativa de que o acordo não avance, a Salesforce pediu à UE para bloquear o negócio por considerar que vai desajustar os níveis de concorrência no mercado. Recordamos que de acordo com alguns rumores, a Salesforce era uma das empresas que estava interessada na aquisição do LinkedIn, mas os 26 mil milhões oferecidos pela Microsoft acabaram por bater as restantes propostas.
Fonte: PC World

Meerkat foi removido das lojas do iOS e do Android: A aplicação de transmissão de vídeos em direto Meerkat foi um dos grandes sucessos de 2015 e pioneira no segmento do livestreaming em dispositivos móveis. Mas devido ao grande interesse que houve pelo seu serviço, rapidamente viu vários gigantes a responderem com as suas próprias propostas: casos do Twitter e do Facebook. O Meerkat ainda tentou reposicionar-se no mercado, mas os danos já estavam feitos. Agora a aplicação foi removida da App Store e do Google Play, significando o fim oficial do serviço.
Fonte: TechCrunch

CEO da Ubisoft diz que a NX vai colocar a Nintendo novamente ‘na corrida’: A Nintendo tem sido reservada sobre a sua nova consola, mas há quem não o seja. O diretor executivo da Ubisosft, Yves Guillemot, é uma dessas pessoas. Depois de dizer que a consola é “fantástica”, o executivo disse acreditar que a Nintendo NX vai colocar a gigante japonesa novamente na corrida. Ou seja, Yves Guillemot acredita que a Nintendo tem argumentos para ombrear com a PlayStation 4 Pro e Xbox One S no segmento do gaming.
Fonte: CNet