Quem é utilizador do Twitter sabe que 140 caracteres até são suficientes para manter uma comunicação com o mundo, mas certamente que já houve situações em que os utilizadores apenas precisavam de quatro ou cinco mais caracteres. Agora a rede social está a preparar uma mudança que apesar de ser importante, não mexe na sua identidade. Em vez de aumentar o número de caracteres per si, o Twitter vai fazer com que alguns elementos deixem de ter impacto na contagem de letras usadas. É uma evolução bem-vinda e que talvez apenas peque por tardia. A rede de microblogues há muito que tem sabido contrabalançar o aparecimento de outras redes sociais com uma aposta nos formatos multimédia, mas estes ocupavam ‘muito espaço’ dentro de um tweet. Em breve haverá mais liberdade no Twitter.

Boa terça-feira

Instagram permite bloqueio automático de palavras ofensivas nos comentários: Agora todos os utilizadores do Instagram vão poder ter um maior controlo sob a secção de comentários das suas publicações. Nas definições vai encontrar uma opção que permite ativar o filtro padrão do Instagram para palavras ofensivas, mas o utilizador também pode definir manualmente outros termos que serão bloqueados caso alguém os utilize. Este é um passo importante contra os discursos de ódio e abuso na plataforma.
Fonte: Instagram [Blogue]



PlayStation 4 recebe hoje atualização que traz suporte para conteúdos em HDR: Durante a apresentação da PlayStation 4 Pro a Sony Interactive Entertainment disse que a versão original da consola ia receber uma atualização que lhe permitiria reproduzir conteúdos com um maior alcance dinâmico. Isso acontece hoje, 13 de setembro. A atualização vai trazer ainda outras novidades como a possibilidade de ter os videojogos segmentados por pastas no menu inicial.
Fonte: Engadget

Twitter vai aplicar alterações que vão permitir usar mais caracteres na rede social: O limite de 140 caracteres por mensagem mantém-se, que fique claro, mas a plataforma vai eliminar alguns elementos que antes contavam para os 140 caracteres. Os conteúdos multimédia vão deixar de contar, assim como a citação de outros tweets. Quando o utilizador começar uma mensagem com o nome de outro utilizador, o naming também não vai interferir nos 140 caracteres disponíveis.
Fonte: The Verge

Organizações defensoras dos direitos humanos querem que EUA perdoem Edward Snowden: A União Americana para as Liberdades Civis (UCLA na sigla em inglês) e a Amnistia Internacional vão iniciar uma campanha que tem como objetivo convencer o presidente norte-americano, Barack Obama, a conceder o perdão ao delator Edward Snowden. A ser concedido o perdão teria de chegar até janeiro de 2017, altura em que o atual presidente abandona a Casa Branca. Edward Snowden, que ajudou a revelar um escândalo de espionagem a nível global, está exilado na Rússia.
Fonte: BBC

Netflix está contra os limites de utilização de internet nos EUA: A Netflix é uma das maiores distribuidoras de conteúdos do mundo e fá-lo apenas e só através da internet. Por isso a empresa não está de acordo com o facto de algumas operadoras de telecomunicações terem limites associados ao tráfego dos consumidores. À medida que os conteúdos vão ficando mais ‘pesados’, a Netflix diz que limites na ordem dos 300GB não fazem sentido pois em alguns casos destinam-se apenas ao consumo de conteúdos por streaming.
Fonte: Gizmodo