É impossível dizer que não gostamos das propostas feitas pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. Em linhas gerais quer que todos tenham acesso à internet e a internet de qualidade. Como não gostar? A questão é que dito assim parece simples, mas será um plano difícil de concretizar – ainda que algumas metas estejam traçadas para daqui a nove anos. A mais ambiciosa das propostas é aquela do plano de colocar internet Wi-Fi gratuita em todas as cidades, vilas e aldeias da União Europeia. A instalação destes hotspots será feita em espaços públicos como jardins, bibliotecas municipais ou junto dos edifícios camarários. Este plano é para ser executado em apenas quatro anos e até ao final de 2016 podem ser desbloqueados os primeiros fundos para investimento.

Boa quinta-feira.

Spotify cresce 33% no número de subscritores em apenas seis meses: O Apple Music até pode ter tido um bom começo e os 17 milhões de subscritores que tem são um número de ‘respeito’, mas ainda muito longe dos 40 milhões de subscritores do Spotify. O novo valor foi partilhado pelo diretor executivo da empresa, Daniel Ek, através de um tweet. Em junho o Spotify tinha dito que já existiam mais de 100 milhões de utilizadores, número que inclui os da versão gratuita.
Fonte: The Wall Street Journal



Alexa já executa três mil ações: A assistente digital da Amazon fica mais inteligente a cada dia que passa e agora já consegue executar três mil comandos diferentes. Entre as novidades mais recentes estão a capacidade de ler a timeline do Twitter do utilizador ou de encontrar o smartphone do utilizador. As colunas inteligentes da tecnológica norte-americana, as Echo e Dot, estão agora disponíveis no Reino Unido e na Alemanha.
Fonte: Business Insider

Comissão Europeia compromete-se a colocar Wi-Fi gratuito por toda a UE: O organismo europeu tem 120 milhões de euros em fundos comunitários que ajudará a instalar hotspots Wi-Fi gratuitos pelos 27 Estados-Membros. No seu novo plano a CE também pretende garantir que até 2025 a velocidade mínima de download em todas as casas é de 100 Mbps e que nesse ano a tecnologia 5G também já está com uma presença forte na União Europeia.
Fonte: Ars Technica

Microsoft Band pode deixar de existir: A tecnológica norte-americana lançou duas pulseiras inteligentes que estavam mais focadas no segmento do fitness, mas não conseguiu provocar grande impacto. Mesmo sem confirmar ou desmentir o rumor, a Microsoft vai adiantando que está focada na sua plataforma de saúde e que funciona com hardware de parceiros externos.
Fonte: ZDNet

Nova câmara mirrorless da Canon chega em novembro: O segmento das câmaras que não têm um sistema de espelho para captar imagens não é um no qual a Canon seja uma marca muito reconhecida – em comparação com a Sony, Olympus ou Fujifilm -, mas isso pode mudar com a nova M5. O equipamento tem um sensor de 24,2 megapíxeis, sistema de focagem de 49 pontos, sete disparos por segundo com autofocus e tem ainda um ecrã ajustável.
Fonte: The Verge

Sem mais artigos