Vimos um filme semelhante há pouco tempo: um engenheiro da idSoftware trocou o estúdio de videojogos pela Oculus e teria levado consigo alguns segredos da antiga empresa – o tribunal acabou por concluir que não houve roubo de propriedade intelectual. Agora um caso semelhante vai colocar em guerra a Waymo – empresa do universo Alphabet – e a Uber. E a Waymo não está com meias medidas. Em vez de gerir o caso de forma discreta, fez questão de fazer uma publicação onde detalha os motivos que sustentam a sua queixa. A Waymo quer que os tribunais impeçam a Uber e a Otto de continuarem a realizar testes aos seus sistemas de condução autónoma. Tudo isto porque houve um funcionário importante da Waymo que saiu para a Uber e terá, alegadamente, levado consigo uma grande quantidade de documentos secretos. Um caso que certamente dará que falar ao longo dos próximos meses.

Boa sexta-feira.

Amazon Alexa já tem disponíveis 10 mil skills: As skills são o equivalente das aplicações na assistente virtual Alexa. O número de skills disponíveis tem aumentado de forma considerável ao longo dos últimos meses. Por exemplo, em junho do ano passado a Alexa só tinha mil skills e no início de janeiro tinha cerca de 7.000. O número de skills disponíveis tem aumentado pois o número de dispositivos nos quais a Alexa está integrada também tem aumentado.
Fonte: Wired




Google Allo vai ter uma versão para desktop: A Google lançou a sua nova aplicação de messaging, a Allo, com alguma pompa e circunstância, mas nas últimas semanas pouco ou nada se tem falado sobre a aplicação. Agora a Google veio a público confirmar que está a desenvolver um cliente de desktop para a Google Allo. Ainda não há data para o lançamento, com a Google a dizer que o desenvolvimento está ainda numa fase inicial. A falta de um cliente de desktop foi justamente uma das críticas que apontámos à aplicação na nossa análise.
Fonte: Android Central

Waymo processou a Uber por alegado roubo de propriedade intelectual: A empresa da Alphabet que está a desenvolver sistemas de condução autónoma avançou com um processo em tribunal contra a Uber. Em causa estará um alegado roubo de informações por parte de um funcionário da Uber. No centro da discórdia está um antigo engenheiro da Waymo que agora trabalha na Uber – a Waymo diz que Anthony Levandowski levou consigo 14 mil documentos secretos antes de ingressar na sua nova empresa. A Uber já reagiu e diz que vai avaliar as alegações de forma cuidadosa.
Fonte: The Verge

Bug no software da Cloudflare expunha informações de 120 mil sites por dia: É a própria Cloudflare que admite a existência de uma grave falha de segurança no seu software que permitia aceder a informações que deviam estar cifradas. A falha foi reportada por engenheiros da Google no dia 18 de fevereiro e já foi sanada. O diretor de tecnologia da Cloudflare, John Graham-Cumming, disse que apesar de a falha ter existido, não há sinais de que estivesse a ser explorada ativamente por piratas informáticos.
Fonte: Reuters

Nintendo Switch não vai ter jogos da Virtual Console na estreia: O emulador de jogos antigos que a Nintendo disponibilizou nas suas duas consolas anteriores não vai estar disponível na Switch – pelo menos nesta fase de lançamento. A confirmação foi dada pela própria Nintendo que promete revelar mais detalhes sobre esta funcionalidade no futuro.
Fonte: IGN

Sem mais artigos