É fácil de imaginar a vantagem de um smartphone com um ecrã dobrável: pode na prática ter o dobro do tamanho sem ocupar muito mais espaço. Mas também é fácil de pensar em algumas desvantagens que parecem óbvias, como o elevado preço que a tecnologia ainda deve acarretar. O mundo precisa mesmo de um smartphone cujo ecrã pode ser dobrado? Toda a inovação é bem-vinda, mas como já dissemos há áreas que ainda precisam de muita atenção. Se pensarmos bem no assunto, o ecrã curvo de equipamentos como o Galaxy S7 Edge ou o BlackBerry Priv não vieram mudar assim tanto a forma de interação com os equipamentos.

Eis o resumo das notícias mais relevantes desta manhã de terça-feira.

 Samsung prepara smartphones com ecrã dobrável: A tecnológica sul-coreana estará alegadamente a trabalhar no Project Valley, nome de código dado ao desenvolvimento de smartphones com ecrãs dobráveis. No início de 2017 podem ser revelados dois modelos: um cujo ecrã dobra ao meio e um outro, de cinco polegadas, cujo ecrã se desdobra até formar um tablet de oito polegadas.
Fonte: Bloomberg

Facebook testa novo formato de publicações: A maior rede social do mundo está a testar um sistema que permite aos utilizadores fazerem uma publicação que não aparece no seu perfil, mas vai aparecer na timeline dos outros utilizadores, sendo também pesquisável. Este formato permitiria manter o perfil público ‘limpo’, mas sem afetar o número de interações e partilhas.
Fonte: The Next Web

Primeira visita ao BEAM: O novo módulo da Estação Espacial Internacional foi instalado no final de maio e pela primeira vez dois elementos da ISS visitaram o habitáculo: dizem estar em excelentes condições, apesar do ambiente frio. O objetivo é que o BEAM receba 67 inspeções anuais para atestar a viabilidade do projeto.
Fonte: NASA

Norte-americanos não usam a Siri em público: Falar para uma assistente digital em público não é uma prática tão comum quanto se poderia julgar. Um estudo da Creative Strategies descobriu que 98% dos utilizadores do iPhone já usou a Siri, mas destes apenas 3% dizem já ter usado a ferramenta em público. A razão? Sentem desconforto por dar ordens ao telemóvel em frente aos outros.
Fonte: Fortune

Horizon: Zero Dawn só chega no próximo ano: Se nada houver em contrário, então o novo jogo da Guerrila Games chega no dia 28 de fevereiro. Esteve para ser lançado este ano, mas a ambição que o estúdio tem para o título obriga-o a empurrar o lançamento. O jogo mistura os conceitos de tempo jurássico com robótica. Os gráficos têm muito bom aspeto e pode ver o último trailer aqui ↓
Fonte: PlayStation Blog / YouTube



Sem mais artigos