A SEGA não irá impedir o lançamento mundial de Judgement, apesar de terem sido forçados a interromper as vendas no mercado Japonês devido à prisão de um actor por uso de substancias proibidas. A empresa confirmou que o drama de Ryu Ga Gotoku para a PS4 ainda virá para o ocidente a 25 de junho. A personagem interpretada por Pierre Taki no Japão (Kyohei Hamura) ainda está presente no novo clip que lançaram, mas ele não é tão proeminente quanto na primeira vez.

Não é difícil de entender o porquê da Sega avançar, apesar da controvérsia japonesa, já existe um ator de voz em inglês para o jogo. Assim sendo, a Sega poderá continuar a vender o jogo para o resto do mundo sem incomodar as pessoas no Japão (que desaprova o uso destas substancias mais do que noutros países). Ainda assim, cria uma situação incomum onde um destinado aos jogadores japoneses está disponível aparentemente em todos os países, exceto no Japão.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O chefe criativo da empresa, Toshihiro Nagoshi, disse recentemente que “não havia resposta correta” ao extrair Judgment (conhecido como Judge Eyes no país de origem), e que poderia ter sido diferente se o jogo já estivesse no mercado há alguns meses. E se houver jogos futuros? Nagoshi não confirmou nenhum plano, mas disse que Taki não estaria envolvido, independentemente de a sua personagem persistir ou não.

 

Sem mais artigos