No FUTURE BEHIND temos focado a generalidade dos nossos artigos em torno do mundo gaming. Fizemos também o possível, nos últimos dias, para não noticiar qualquer tipo de acontecimento relacionado com o surto de COVID-19, mas hoje devido ao conteúdo do comunicado que recebemos da Vodafone Portugal decidimos partilhar o mesmo com os nossos leitores.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

As operadoras de telecomunicações nacionais decidiram, em conjunto, um número de medidas que vai tornar um período que, para alguns, deverá ser em casa em algo mais fácil de suportar.

Fiquem com o comunicado completo, enviado pela Vodafone Portugal 

“Operadores de Telecomunicações oferecem 10GB de dados móveis e a mensalidade dos canais desportivos

De forma a minimizar os impactos que o COVID-19 já está a ter na vida dos Portugueses, os Operadores MEO, NOS e Vodafone anunciam que vão oferecer 10GB de dados aos seus clientes de serviço telefónico móvel.

Os clientes particulares ou empresariais dos três Operadores podem subscrever a oferta através da App de Cliente ou site, entre os dias 17 e 31 de março. A oferta de 10GB de dados será válida pelo período de 30 dias a partir da data de subscrição.

Esta medida procura facilitar o cumprimento pelos cidadãos das medidas de prevenção e controlo de infeção pelo COVID-19, dando resposta às necessidades acrescidas de comunicação por se encontrarem em casa em regime de teletrabalho, de prevenção ou de assistência a familiares.

A par desta iniciativa, e no seguimento da suspensão da generalidade dos eventos desportivos, os Operadores tomaram a decisão, juntamente com a Sport TV, BTV e Eleven Sports, de não cobrar a mensalidade a novos e atuais clientes para os respetivos canais. Esta medida mantém-se durante o período excecional de suspensão da maioria das competições desportivas dos respetivos canais.”

Sem mais artigos