É a notícia do dia e um dos negócios do ano: a japonesa Softbank vai comprar em dinheiro a ARM. A venda da empresa responsável pela arquitetura dos chips que integram os iPhone, smartphones da Samsung e de muitas outras marcas não aparece como uma surpresa. Já sobre o comprador o mesmo não pode ser dito. Para muitos a Intel, a Huawei ou até a Samsung seriam destinos mais prováveis devido à experiência que têm no desenvolvimento de chips. Outro aspeto curioso neste negócio é que na opinião de alguma imprensa internacional esta é a primeira consequência do Brexit: devido à desvalorização da libra a ARM pode ter sido comprada por menos mil milhões de dólares.

Bom início de semana.

Softbank compra ARM por 32 mil milhões de dólares: A empresa de telecomunicações japonesa comprou a empresa britânica ARM, responsável por desenhar a tecnologia que marca presença nos chips da maior parte dos smartphones que conhecemos. O grande interesse no negócio pode estar no potencial da ARM em áreas emergentes como a internet das coisas e a realidade virtual.
Fonte: BBC

SpaceX já escolheu qual o foguetão que vai voltar a usar: Esta noite a empresa liderada por Elon Musk recuperou o seu quinto rocket espacial, o segundo a pousar em terra. E já se sabe qual vai ser o equipamento que em setembro ou outubro voará pela segunda vez até ao espaço: será o segundo rocket de sempre a ser recuperado pela SpaceX, já que o primeiro é visto como uma peça de museu.
Fonte: The Verge



Sucesso de Pokémon GO coloca alguma pressão de mudança na Nintendo: Primeiro a Nintendo disse que não tinha interesse no desenvolvimento de jogos para smartphones, depois mudou de opinião e agora ajudou a criar um dos maiores sucessos dos últimos anos. O bom desempenho de Pokémon GO pode levar os acionistas da empresa a fazerem pressão para que outras franquias populares de videojogos cheguem aos smartphones e tablets.
Fonte: CNBC

Xiaomi poderá lançar concorrente ao Macbook Air: A tecnológica chinesa tem entrado em diferentes segmentos de mercado e poderá estar prestes a estrear-se num outro: portáteis. Se os rumores estiverem certos a Xiaomi poderá apresentar já esta semana dois concorrentes diretos ao Macbook Air da Apple. Deverão incluir processadores Intel Skylake, 8GB de RAM e entrada UBS-C.
Fonte: Slashgear

PlayStation 4 Neo pode custar 399 euros: Uma página encontrada na Amazon Espanha pode ter revelado alguns pormenores sobre a próxima consola da Sony. Na listagem online uma nova PlayStation 4 surge com um preço de 399 euros e com uma data de entrega para 13 de outubro. A confirmarem-se estas informações a nova consola ficaria disponível no mesmo dia que os óculos de realidade virtual PlayStation VR.
Fonte: Techtimes