A empresa SpaceVR está desde o ano passado a tentar criar um projeto de realidade virtual no espaço. Tudo começou com uma campanha de crowdfunding para a instalação de um sistema avançado de recolha de imagens em 360º na Estação Espacial Internacional.

Na altura o objetivo não foi conseguido, pelo que a SpaceVR redefiniu a sua missão. A ideia passou a ser a criação de um satélite de baixa órbita que integra duas câmaras e que conseguem criar vídeo imersivo.



Agora a SpaceVR chegou a acordo com a empresa NanoRacks para que em junho do próximo ano o seu primeiro satélite VR, o Overview 1, chegue ao espaço e fique em órbita terrestre.

As câmaras terão capacidade de gravação em Ultra HD e a empresa já garantiu que os conteúdos produzidos serão compatíveis com todos os equipamentos de realidade virtual, desde os da área mobile até aos topo de gama como os Oculus Rift ou os HTC Vive.

De acordo com o The Verge, estes conteúdos não estarão é acessíveis a todos – exceto se pagarem uma subscrição. A ideia passa por permitir que qualquer pessoa sinta que está a flutuar na órbita terrestre, mas os conteúdos estarão reservados apenas a assinantes.

A SpaceVR vai ter controlo sobre o satélite Overview 1, conseguindo deslocá-lo no espaço para produzir diferentes experiências.

Sem mais artigos