A apresentação pela qual muitos esperavam já aconteceu. Falamos do episódio especial do State of Play inteiramente dedicado a Ghost of Tsushima, o título exclusivo PlayStation 4 é da responsabilidade do estúdio Sucker Punch Productions e chega às consolas no dia 17 de julho.

Durante o episódio especial de State of Play tivemos a oportunidade de perceber um pouco mais sobre a jogabilidade de  Ghost of Tsushima bem como as suas mecânicas de exploração e como é que vai ser o combate do novo exclusivo Sony PlayStation.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Foram quase 20 minutos de State of Play onde ficamos a saber mais sobre o mundo aberto de Ghost of Tsushima e como a exploração desse mesmo mundo vai ser um dos elementos chave do jogo, pelo menos foi assim que a Sucker Punch Productions idealizou o novo IP que estará logo a chegar às consolas PlayStation 4.

Segundo os criadores do jogo, algo que apareceu desde cedo no processo de criação foi a forma como podiam fazer como que a ilha guiasse “os jogadores da forma mais temática e imersiva possível e, neste título, o “Vento Guia” poderá levar os jogadores a todos os locais no jogo, incluindo a grandes momentos da história. Também poderá levá-los a encontrar colecionáveis raros.” Por isso, sim, deixem-se guiar pelo vento, e durante a vossa aventura estejam atentos às pistas como “fumo no horizonte” ou “árvores com formatos estranhos e interessantes”, segundo a Sucker Punch Productions até alguns animais poderão chamar a atenção dos jogadores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o combate, o episódio especial de State of Play mostrou ainda como é que o protagonista – Jin Sakai – consegue combater como Samurai e como é que ataca os mesmos inimigos como Fantasma. Foi ainda explicado que para ter “sucesso enquanto combate como Samurai, o protagonista deverá ser extremamente preciso ao enfrentar os inimigos e não desperdiçar energia, pois cada golpe conta. Por outro lado, na pele do Fantasma, deverá usar todos os golpes baixos que conhece para igualar as coisas, servindo-se até do medo como arma.”

Percebemos ainda que em Ghost of Tsushima as armaduras irão conceder diferentes vantagens mecânicas e definir o estilo de jogo de cada um dos jogadores, que quando estiverem a explorar este título descobrirão amuletos omamori, que lhes darão vantagem em batalha. A Sony partilhou ainda em comunicado que “de acordo com o estúdio, os jogadores desenvolverão novas técnicas que farão de Jin menos Samurai e mais Fantasma à medida que a sua lenda se fortalece, e poderão decidir como é que essas técnicas evoluirão.”

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Por fim, o modo de fotografia de Ghost of Tsushima “contará com recursos como gradação de cores e profundidade de campo para que os jogadores possam focar os objetos certos. Algumas novidades também destacam o movimento e os jogadores poderão controlar a direção e a velocidade do vento, alterar partículas e, entre outras coisas, escolher uma faixa da banda sonora original.”

Em suma, Ghost of Tsushima tem tudo para ser um sucesso de fim de geração e possivelmente um dos muitos jogos a aparecerem, no futuro, na próxima geração de consolas. Uma geração mais poderosa, como conseguimos perceber com a demonstração técnica do novo Unreal Engine 5.

Ghost of Tsushima chegará às consolas da família PlayStation 4 no dia 17 de julho e já se encontra em fase de pré-venda. 

Ghost of Tsushima

Sem mais artigos