STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town

Análise STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town

Nasceu em 1996 com outro nome, já passou por plataformas como a PlayStation Vita, o Game Boy, PC e até a GameCube ou a PlayStation 2. O primeiro título com o nome Story of Seasons chegou em 2014 e desde então até um remake de Harvest Moon: Friends of Mineral Town já foi. Agora é altura de viajar até Olive Town, no novo jogo da franquia com o nome de STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Em STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town o objetivo é simples, e provavelmente bem conhecido dos fãs do género: Plantar, colher, criar animais, produzir, vender, conhecer e, quem sabe, até casar e ter uma família.

.

STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town chega em exclusivo à Nintendo Switch já no próximo dia 26 de marco. Comecem a afiar o machado, preparar o anzol e a engraxar as botas… o trabalho é árduo, mas ao fim do dia deverá compensar.

Uma quinta para reconstruir em Pioneers of Olive Town

Ao viver numa cidade é normal que, de vez em quando, se pense em mudar… em ir para o campo. É essa a premissa de Pioneers of Olive Town. O nosso protagonista sai da cidade e segue para Olive Town para assim reconstruir a fazenda que outrora pertencera ao seu avô. Pelo caminho da reconstrução vai conhecendo os restantes habitantes de Olive Town e fazendo amizades e criando relações, algumas mais coloridas que outras.

Para quem está habituado a este tipo de RPGs o truque para o sucesso, e assim conseguir reconstruir a fazenda, é simples: produzir, vender, produzir mais, vender mais, lucrar e guardar recursos. Mas para quem não está, é importante explicar algumas das formas que temos para produzir e/ou lucrar em Story Of Seasons.

O primeiro passo será sempre aproveitar os recursos naturais que a vossa fazenda vos dá, sejam ervas, árvores, pedras ou até barro. Tudo tem valor comercial e tudo será necessário para a construção de infraestruturas. Ao início existe uma variedade de pedra, um mineral, um tipo de madeira e até uma única espécie de erva, mas ao explorarem o vosso espaço, que é bastante generoso em tamanho, vão encontrar novos tipos de recursos que serão necessários para construir infraestruturas ou desbloquear novas áreas na fazenda. Este aparece de novos recursos, novos animais ou até novas plantas, à medida que vamos desbloqueando novas áreas acaba por dar a Pioneers of Olive Town um excelente sentido de progressão.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Dentro dos menus do jogo, para além de encontrarem todo o tipo de informação necessária para gerir os vossos recursos sejam eles materiais ou animais, encontram ainda a área dedicada ao craft de items. Concelho: As maquinas de produção devem ser das primeiras coisas a fazer craft, porque é aqui que vão buscar materiais que precisam para reparar as infraestruturas que já se encontram na fazenda.

Não querendo alongar muito esta explicação (estamos sempre disponíveis para tirar qualquer dúvida na área de comentários deste artigo) podemos apenas acabar a dizer que é na cidade que vão encontrar sementes para comprar, novas infraestruturas para expandir o número de animais que podem ter ou até uma lista de recursos que os habitantes de Olive Town precisam… (Dica de borla – Esta lista podia chamar-se “Dinheiro Fácil”).

Do nascer ao pôr do sol

Acordar com o Sol e ir dormir com as galinhas. Quase literalmente. Cada ano em STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town tem 4 meses (estações): primavera, verão, outono e inverno. Cada um destas estações conta com 28 dias e em cada um desses dias as tarefas, como em qualquer fazenda, são de repetição – Levantar, fazer uma festa ao gato (SIM, temos um gato), trazer os animais para a rua, apanhar as plantas, regar o que há para regar (aqueles pedaços que ainda não têm rega automática), ir à vila socializar e recolher recursos.

No meio da azáfama os dias passam a correr e pouco tempo resta para comer ou até mesmo cozinhar para o dia seguinte. É esta comida, ou até um duche, que nos dá energia para continuar sem desmaiar e acordar no dia seguinte. Nos primeiros tempos de fazenda vão pedir com regularidade que a meteorologia vos traga chuva, isto porque com chuva os animais não saem para a rua e as plantas estão regadas, diminuindo assim o tempo que gastam a cuidar de ambos e fazendo com que consigam aproveitar estes dias para recolher mais recursos ou até trabalhar nas relações com os habitantes de Olive Town.

Voltando à azáfama, principalmente na primeira dezena de horas de jogo. Este correr de um lado para o outro é necessário porque maior parte das tarefas ainda não está automatizada (como a rega, por exemplo) o que faz com que a ajuda seja menor e que o tempo, por sua vez, também seja pouco. À medida que vamos avançando no jogo sentimos cada vez menos esta falta de tempo, mas é um pormenor que pode assustar os jogadores que estejam a ter um primeiro contacto com Story Of Seasons.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Uma das coisas que temos para fazer quase todos os dias é a deslocação à aldeia, que acontece (tal como entrar ou sair de qualquer edifício) com um ecrã de carregamento nada longo e que ainda será melhorado no dia de lançamento. Esta deslocação é importante não só para adquirir material necessário, mas também para socializar e, quem sabe, encontrar uma alma gémea. Aqui está um dos problemas de STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town, a socialização acaba por ser um pouco na base dos monólogos, onde as conversas dos NPCs acabam muitas vezes por não ter resposta da nossa personagem.

Pi9uUOJj

Referir ainda que as estações do ano estão lá por uma razão, pois há plantações que só podem ser feitas em determinadas estações e Pioneers of Olive Town esforça-se, de certa forma, para ser um jogo que mostra a importância da sustentabilidade e do cuidar bem daquilo que temos. Cada árvore que cortam vai crescer, mas demora tempo, e se cortarem tudo de uma vez haverá o dia em que não têm recursos. Ainda no exemplo das árvores: se cortarem uma árvore que ainda não esteja completamente desenvolvida os recursos serão menores.

Nos animais, tratar bem dos mesmos faz com que fiquem felizes. E animais felizes, bem cuidados, dão recursos de maior qualidade. Maior lucro também. É bom continuar a ver jogos como STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town, jogos que nos vão lembrando de coisas básicas que por vezes temos tendência a esquecer.

patreon

Considerações finais

Pioneers of Olive Town é um RPG leve, ideal para os fãs do género, mas bem capaz de agarrar jogadores que apareçam por acaso, sem nunca terem experimentado algo parecido. Embora não faça algo de surpreendente, faz tudo aquilo que promete fazer e ao nível de desempenho apenas tivemos alguns problemas, na sua versão portátil, com quebras de framerate depois de ecrãs de carregamento.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Sim os dias são curtos, mas com a melhoria da nossa fazenda conseguimos gerir melhor essa escassez de tempo e o nosso dia-a-dia em Olive Town melhora a cada noite de sono. STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town chega no dia 26 de março, em exclusivo
à Nintendo Switch, e terá à vossa espera uma boa quantidade de horas de jogo, sempre bem passadas, fazendo com que valha a pena o investimento.

Há mais para descobrir em Pioneers of Olive Town, mas deixamos isso para vocês. E já sabem, qualquer dúvida sobre o jogo digam! Estamos prontos para responder.

nota 4 recomendado
Clica na imagem para mais informação sobre as nossas classificações

STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town não vai desiludir nenhum fã do género e mostra-se capaz de agarrar até o jogador que caia de paraquedas em Olive Town, sem nunca ter experimentado um Story Of Season, Harvest Moon ou até mesmo jogos como Animal Crossing ou Stardew Valley.

+ Excelente sentido de progressão

+ Área jogável de tamanho considerável

+ Capaz de agarrar qualquer jogador

– Interações com os NPCs começam por ser muito à base de monólogos

– Dias passam demasiado rápido, algo que se sente principalmente nas primeiras horas de jogo

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

N.R.: A análise a STORY OF SEASONS: Pioneers of Olive Town foi realizada numa Nintendo Switch com acesso a uma cópia do jogo, gentilmente disponibilizada pela Decibel PR.