Quando falámos sobre a evolução do jogo Strikers Edge, referimos que a Fun Punch Games já tinha um publisher, mas na altura não podia revelar qual. Agora chega até ao FUTURE BEHIND a confirmação de que a empresa francesa Plug In Digital será a editora do videojogo português que será lançado para PlayStation 4 e computador.

Além de publisher a empresa também atua como investidor no videojogo português. A Plug In Digital é neste momento a editora de mais três jogos independentes: Boiling Bolt, Frog Climbers e Who Must Die.



Graças a este anúncio o videojogo vai estar em dose dupla na Gamescom, a maior convenção de videojogos que acontece na Europa. Além de ter presença garantida no Indie Booth, stand que vai promover mais de 60 jogos de produtores independentes, terá também presença no stand da Plug In Digital.

A presença na Gamescom será fundamental para promover Strikers Edge no mercado europeu, já que a promoção mais focada no mercado norte-americano aconteceu no mês de junho com uma presença na E3 2016.

“A Sony que está connosco é a Sony Ibéria e este é um projeto da Sony Ibéria. Vai trabalhar muito bem o mercado que domina, que é o mercado de língua espanhola e se quiseres também um pouco de língua portuguesa. Tudo o resto temos de ser nós a batalhar, a ir à luta e procurar dar visibilidade ao jogo fora desse ambiente. (…) É importante para nós mostrarmos o jogo fora do ambiente PlayStation”, disse em meados de julho Ricardo Flores, da B5 Studios, numa entrevista ao FUTURE BEHIND.

Aproveitando a presença na cidade alemã de Colónia a Fun Punch Games e a B5 Studios, empresa portuguesa que tem ajudado no desenvolvimento e promoção de Strikers Edge, vão participar na Respawn Gathering, um encontro dedicado para programadores.

Numa apresentação própria vão explicar qual tem sido o trabalho, os desafios e as grandes dificuldades depois de terem vencido a primeira edição dos Prémios PlayStation em Portugal.

Sem mais artigos