Hoje é o dia em que o videojogo português Strikers Edge sobe ao palco na PAX South para mostrar-se à comunidade de jogadores norte-americanos. São 30 minutos no palco principal para dar a conhecer a criação do estúdio Fun Punch Games. Na PAX South, Strikers Edge está ainda nomeado para melhor jogo independente do evento.

Mas o estúdio soube recentemente que o seu jogo estava nomeado para um outro prémio internacional: melhor jogo multiplayer no evento SXSW Gaming. A sigla poderá não ser totalmente desconhecida pois o South By Southwest (SXSW) é um dos maiores eventos de cultura organizados nos EUA.




“Todos os anos a equipa do SXSW escolhe uma mão cheia dos melhores jogos, de centenas de participações de estúdios independentes e equipas, e traz os nomeados para a exposição SXSW Gaming para competirem no prémio Gamers Voice, que é escolhido exclusivamente pelos visitantes”, escreve a organização em comunicado.

O SXSW Gaming está agendado para os dias 16, 17 e 18 de março, sendo Strikers Edge acompanhado por outros 16 jogos independentes na luta pelo galardão de melhor título multijogador.

“A PAX South é bom, mas o SXSW é muito melhor. É um grande evento e fazer parte da lista é uma grande conquista”, diz Ricardo Flores, do estúdio Fun Punch Games, num email enviado ao FUTURE BEHIND.

Apesar de ser importante a nomeação para dois prémios internacionais, e logo num dos maiores mercados de gaming do mundo, não menos importante é a confirmação de que o jogo Strikers Edge vai estar jogável na Game Developers Conference em São Francisco, também nos EUA.

“Pelo caminho também já garantimos que o jogo vai estar presente (…) na Pax East em Boston. Nestes eventos não estamos nomeados, mas vamos ter lá o jogo”, acrescenta Ricardo Flores.

A exposição através da participação em eventos internacionais tem sido uma das estratégias adotas pelo estúdio português para tentar aumentar o nível de interesse pelo jogo – que ainda não tem data confirmada de lançamento.

A presença em eventos internacionais foi justamente um dos elementos que Tiago Franco e Filipe Caseirito, os criadores do jogo, recordaram recentemente como dos melhores momentos ao longo do desenvolvimento de Strikers Edge.

“Um dos pontos altos foi a visita à Gamescom e vermo-nos entre gigantes, por assim dizer. Fomos também presentes à E3, por parte da PlayStation, mas foi o Ricardo que foi. E nós os dois estivemos presentes na Gamescom. Foi assim um momento… acho que bateu, aquela gente toda, as pessoas que estavam, os jogos que estavam à volta e tu participares naquilo, é um momento que guardamos todos com carinho”, recordou Filipe Caseirito, numa entrevista a propósito da segunda edição dos Prémios PlayStation em Portugal.