Na última sexta-feira, a Tesla anunciou através da sua página de Facebook a chegada a Portugal. Aquilo que salta mais à vista é o site, a possibilidade de encomendar um dos veículos da empresa de Elon Musk e saber ao certo quanto se vai pagar. Mas o que muda exatamente com a chegada da empresa ao nosso país?

A verdade é que já era possível comprar carros da Tesla em Portugal. Havia duas possibilidades: ou comprar diretamente à Tesla, através dos sites dedicados a outros países, como os Estados Unidos, e depois pagar todas as taxas necessárias, ou comprar a particulares e/ou empresas em Portugal que fazem revenda dos veículos. Em sites de classificados automóveis já era possível ver alguns desses modelos à venda, com preços entre os 65.615 euros e os 125 mil euros.

Agora, quem está interessado pode comprar um veículo novo diretamente à Tesla e pode fazê-lo através de um site escrito em português, com os preços em euros e o IVA à taxa atual. Mais: em comunicado, a empresa promete que os carros serão entregues no nosso país, o que significa que, quem encomendar, não terá de pagar taxas extras.

O site ‘oferece’ dois modelos: o Model S, o “Sedan elétrico mais rápido e com mais alcance”, e o Model X, o “SUV elétrico espaçoso, com capacidade de reboque”. O Roadster, o primeiro modelo da empresa de Elon Musk a chegar ao mercado, já não pode ser comprado novo. Já o Model 3, o mais recente modelo da Tesla, em que as primeiras unidades só deverão chegar em 2018, pode ser reservado fazendo um pagamento de mil euros. O preço final para Portugal ainda não é conhecido, apenas o preço para os Estados Unidos: 35 mil dólares.

Model X é um dos dois modelos que já podem ser comprados. #Crédito: Tesla

Jorge Milburn, o country manager para Portugal e Espanha, explicou numa entrevista ao Diário de Notícias que, a partir de agora, a garantia dos veículos “vai ser válida em Portugal, ou seja, quem comprar um dos nossos carros sabe que tem a manutenção ou qualquer problema com o carro assegurados em Portugal”.

Em comunicado, a Tesla diz esperar que “as primeiras encomendas para o Model S e o Model X” feitas em Portugal “sejam entregues no segundo trimestre, e os veículos serão entregues em Lisboa”.

A chegada da Tesla a Portugal dá-se numa altura em que o país está numa lista para receber a nova fábrica de produção para a Europa. São vários os candidatos e Portugal apresenta-se na linha da frente.

Tesla em Portugal

Em maio de 2016, a avenida junto ao Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, recebeu aquele que, segundo a organização, foi o primeiro encontro do género de automóveis da marca Tesla no país. O objetivo era mostrar à Tesla e a Elon Musk que Portugal precisava de um centro de serviços e que já eram vários os carros da empresa nas estradas portuguesas. Estima-se que, na altura, já existiam cerca de cem veículos da Tesla com ‘donos’.

Um dos principais pedidos era um centro de serviços. Na altura, Elon Musk partilhou na sua conta oficial do Twitter uma notícia sobre o acontecimento com um simples “Ok”. Em comunicado, a Tesla afirma que “abrirá uma loja e um centro de serviços em Lisboa no segundo semestre de 2017”. Milburn explicou que a Tesla vai ter técnicos “a trabalhar aqui para resolver qualquer problema que se passe com os carros”, um fator que considera “muito importante”. De acordo com o mapa no site da Tesla, o concessionário da empresa de Elon Musk ficará localizado no Campo Mártires da Pátria, em Lisboa.

Primeiros Model 3 só deverão chegar em 2018. #Crédito: Tesla

Através de um carregador é possível carregar qualquer veículo elétrico. Mesmo em casa, na tomada onde carrega, por exemplo, o seu smartphone, é possível, à partida, carregar o seu veículo. A Tesla tem os chamados Superchargers que não são nada mais, nada menos do que carregadores super-rápidos que, em minutos, permitem carregar 80% das baterias do veículo.

Os primeiros vão chegar “no final do segundo semestre de 2017”. O programa ‘Destination Charging’, que permite que hotéis e outros destinos tenham carregadores para veículos Tesla, “será iniciado durante as próximas semanas”.

Por fim, o apoio técnico. A página de contactos da Tesla tem uma linha de apoio com indicativo português para o departamento de Vendas e para o serviço de apoio técnico e assistência na estrada. Agora, só falta mesmo esperar pela ‘Gigafactory 2’.