O mundo da partilha ilegal de conteúdos está a atravessar um período difícil. Não chegava os entusiastas dos videojogos terem de lidar com o Denuvo e o alegado fundador do Kickass Torrents ter sido detido – assim como vários domínios do site arrestados -, como agora chegou ao fim o Torrentz. O Torrentz era o maior motor de busca de torrents do mundo – para quem não sabe os torrents têm por base uma tecnologia de partilha de dados entre computadores que permitem descarregar ficheiros, legais ou ilegais. O fecho do site ainda está envolto em mistério e essa é justamente uma das partes mais interessantes desta história – por norma quem tem um nome grande no segmento da pirataria ou acaba por ser derrotado pela lei ou então raramente desiste. Talvez este caso seja diferente. Talvez.

Bom fim de semana.

Sonaecom ganha participação na Outsystems e Feedzai: As duas tecnológicas eram participadas pelo Novo Banco, mas o braço de investimento do banco, a ES Ventures, vendeu os seus três fundos de investimento. A Sonaecom foi o comprador – não é conhecido o valor do negócio – através da divisão Sonae IM, que no total terá conseguido uma participação em mais de 40 empresas avaliada em 170 milhões de euros.
Fonte: Jornal de Negócios



O ‘google dos torrrents’ fechou: O maior motor de pesquisa para torrents, o Torrentz, está fechado. O domínio continua ativo e tem uma mensagem de despedida, mas não é feita qualquer referência sobre o motivo do fecho. Não é certo se foi uma decisão dos próprios administradores ou se foi devido a um processo das entidades gestoras dos direitos de autor. O site estava ativo desde 2003.
Fonte: TorrentFreak

Google perdeu três executivos da divisão de carros autónomos: O diretor tecnológico desta divisão, Chris Urmson, está de saída depois de ter sido uma das figuras de proa no desenvolvimento do sistema de condução autónoma. Mas de acordo com a imprensa internacional, outros dois elementos de referência do projeto também terão saído. Em causa pode estar a liderança da divisão por parte de John Krafcik, que se juntou à Google há cerca de um ano.
Fonte: The Verge

The Washington Post vai ter robôs a escreverem notícias sobre as olimpíadas: O jornal norte-americano tem a partir de hoje na sua página online notícias que são escritas por robôs e que não vão ter qualquer intervenção humana. Não serão reportagens, mas antes artigos mais diretos e sobretudo relacionados com as classificações da prova. O jornal garante que esta iniciativa ajudará a libertar os jornalistas para peças onde podem realmente acrescentar valor.
Fonte: Recode

Apple compra mais uma empresa de inteligência artificial: A tecnológica de Cupertino parece estar bastante interessada neste segmento tecnológico e terá investido 200 milhões de dólares na Turi, uma empresa de IA que está sediada em Seattle, nos EUA. Ainda não é certo qual o papel que a Apple tem reservado para a Turi, mas poderá estar relacionado com novas etapas de desenvolvimento e evolução da Siri.
Fonte: GeekWire