Trust GXT 259 Rudox

Análise Trust GXT 259 Rudox

Nos dias de hoje, a criação de conteúdo está cada vez mais facilitada, sendo possível criar algo com níveis de qualidade que antigamente estavam reservados a entidades com enorme investimento em equipamento. Mesmo assim, isso não significa que não se deve apostar em bom material a fim de ter essa boa qualidade de uma forma consistente.

Enquanto que certos elementos são toleráveis com níveis de qualidade mais baixos, como é o caso da imagem, outros, nomeadamente o áudio, são os que ditam a vontade do consumidor continuar a absorver o conteúdo. Todos somos capazes de ver um vídeo a 360p com um excelente áudio, mas será uma tortura tentar ver um vídeo onde o áudio se assemelha a um motor gripado, mesmo que a imagem tenha a nitidez de 8K.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Foi sabendo disso que a Trust decidiu criar o Trust GXT 259 Rudox, um microfone cardioid que, além de prometer um elevado nível de qualidade, vem acompanhado de uma parede refletora que pretende reduzir o eco. Mas será que esta combinação ajudará o criador de conteúdo a elevar o seu nível ou será algo para ser passado à frente?

.

Características Trust GXT 259 Rudox

Trust

Trust GXT 259 Rudox

Peso Microfone - 332g



  • Peso do conjunto - 1710g
  • Tipo de ligação - USB (A-B)
  • Comprimento do cabo - 180cm
  • Frequência de resposta  18Hz - 21 kHz
  • Sensibilidade - 70 dB
  • Padrão de captura - Cardioid
  • Tipo de microfone - Condensador 
  • Acessórios - Shock Mount e Parede de absorção acústica

Controlos - Mute, controlo de volume, balanço de monitorização

P.V.P.: € 189

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O microfone Trust GXT 259 Rudox é um microfone feito a pensar nos criadores de conteúdo, principalmente aqueles que querem dar uma atenção especial à componente de áudio. O seu padrão cardioid ajuda a captar nitidamente o som vindo da frente, reduzindo significativamente os ruídos de fundo. Tem uma saída de monitorização sem latência o que permite ouvir o áudio em tempo real. Essa saída funciona também como interface de áudio do computador, sendo possível controlar os níveis de cada entrada num misturador presente convenientemente no microfone.

O microfone vem também acompanhado por uma parede refletora que permite absorver o som, reduzindo a possibilidade de ecos indesejados. Isso, aliado ao padrão de captura do microfone e ao shockmount de elevada qualidade que o acompanha, permitem capturar o áudio com elevados níveis de qualidade.

Opinião

No momento que começamos a tirar as peças da caixa, é notória uma dualidade na sensação das diferentes componentes do conjunto do microfone Trust GXT 259 Rudox. Enquanto que uma parte surpreende por dar uma sensação de uma qualidade superior à esperada, outra parte é capaz de deixar alguns utilizadores um pouco desiludidos. No entanto, falamos da sensação de qualidade e não da qualidade no seu global.

Muitas empresas costumam apostar pouco em todas as peças secundárias num determinado produto, utilizando materiais de qualidade inferior para suportes ou bases. Contudo, uma das maiores surpresas no conjunto GXT 259, foi a qualidade dos materiais e da construção não só do suporte e shockmount do microfone mas também na parede acústica. Todas estas peças são feitas de metal pesado, o que confere uma incrível estabilidade ajudando a reduzir ruídos causados por toques acidentais e também a aumentar a durabilidade do produto. A parede acústica, com uma fantástica qualidade de construção, cumpre bem a sua função de absorver parte do som refletido, reduzindo ecos e outros pequenos ruídos.

Além disso, o seu formato compacto permite que o utilizador tenha um pequeno estúdio de gravação portátil, ideal tanto para gravar voice-overs como podcasts. No entanto, a fantástica sensação de qualidade não foi passada para todas as peças deste conjunto.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para quem está habituado a microfones condensadores, espera sempre um certo peso que costuma associar à qualidade dos componentes que o constituem. Por sua vez, quando um produto tem um peso a tender para o leve, ou confere a sensação de qualidade pelos materiais ou então irá parecer um brinquedo, maioritariamente oco. Infelizmente esta é a sensação que o microfone transmite no momento que pegamos nele. Apesar da leveza ser algo geralmente positivo, nesta situação confere uma sensação de qualidade decepcionante que não está associado à sua performance.

Apesar de deixar a desejar no que diz respeito à sua construção, o desempenho do microfone é bastante boa, tendo uma enorme sensibilidade na captação do áudio, sempre com um som claro e límpido. Mas, a fim de ser possível tirar o verdadeiro proveito deste microfone, o mesmo terá de ser utilizado num dispositivo onde seja possível controlar o seu ganho.

Apesar de oferecer um vasto conjunto de controlos físicos, como a capacidade de o colocar em mute e de controlar o volume e balanço da monitorização do áudio, decidindo a “quantidade de som” que queremos ouvir do microfone e do computador, o Trust GXT 259 Rudox não oferece a possibilidade de controlar o ganho através de um controlo físico. Isto implica que o utilizador tenha de ter um controlador de áudio adicional, tornando um pouco irrelevante a existência da maioria dos controlos físicos. Adicionalmente, caso o utilizador queira usar o microfone sem se preocupar com a parte de software, irá ter o seu ganho extremamente elevado o que acabará por criar uma má experiência.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para finalizar, uma característica que poderá também deixar muitos utilizadores desagradados, é o facto do Trust GXT 259 Rudox utilizar uma ligação USB-B, um tipo de ligação antiga e que muito poucos utilizadores terão cabos extra em casa. Mesmo não tendo uma ligação USB-C, a utilização de uma entrada micro-USB seria preferível à opção escolhida, principalmente quando consideramos que este microfone foi lançado no final de 2020.

Patreon

Considerações finais

O conjunto Trust GXT 259 Rudox é uma fantástica proposta, sendo constituído por um microfone condensador, uma base e shockmount de elevada qualidade e, tornando o conjunto ainda mais apelativo, incluindo uma parede de absorção acústica o que permite criar um estúdio de gravação portátil. Contudo, certas opções acabam por prejudicar seriamente o conjunto para essa finalidade.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Apesar de ser notória a diferença de qualidade entre os materiais do microfone e das restantes peças, este não é o ponto negativo do produto. A falta de controlo físico para o ganho do microfone faz com que sejam necessárias ferramentas extra. Além disso, a utilização de uma ligação USB obsoleta dificulta a possibilidade de movimentar o microfone entre setups ou até de o poder utilizar numa configuração mais móvel, como, por exemplo, ligar o microfone a um tablet para gravar um podcast.

Caso a falta de controlo de ganho e a utilização de um cabo obsoleto não seja um impedimento para o utilizador, o conjunto Trust GXT 259 Rudox é uma fantástica proposta, com material de elevada qualidade que pode continuar a ser utilizado mesmo após um upgrade no equipamento de áudio fornecido.

N.R.: A análise ao Trust GXT 259 Rudox foi realizada com acesso a uma unidade do periférico, gentilmente cedido pela Trust Portugal.