A série Mr. Robot foi uma das grandes surpresas de 2015 e possivelmente uma das melhores séries desse ano. Além de abordar um mundo atual, bastante ligado às tecnologias, fez paralelismos com aquilo que milhares de pessoas já viveram – serem vítimas de hacking. O regresso da segunda temporada estava previsto para o dia 13 de julho nos EUA, mas numa grande jogada de marketing o primeiro episódio foi disponibilizado online. Os que acompanharam a série vão tentar encontrar a todo o custo este primeiro episódio, mas ele já não está disponível. A internet é mesmo assim e Mr. Robot sabe aproveitá-la muito bem. Agora venham de lá os restantes episódios.

Boa segunda-feira.

Uber envolvida em novo caso polémico: A tecnológica norte-americana terá alegadamente mandado investigar um advogado que tinha apresentado queixa em tribunal contra a empresa. A reportagem diz mesmo que a investigação foi feita em nome dos “executivos de topo” da Uber.
Fonte: The Verge

Nova série de Mr. Robot estreia nas redes sociais: Uma jogada de marketing inteligente e que faz todo o sentido para a tipologia da séria: a USA Network, responsável pela distribuição da série Mr. Robot, lançou o episódio de forma antecipada no Twitter, no YouTube e também no Snapchat. Agora o primeiro episódio da segunda temporada já não está disponível, mas vai gerar certamente muito ‘barulho’ social em torno da série. A estreia na televisão norte-americana está marcada para 13 de julho.
Fonte: The Wrap



Alguns utilizadores Apple estão a ser ‘expulsos’ de serviços online: Vários utilizadores que estão a testar a versão beta do iOS 10 relatam problemas com a ferramenta de autenticação em dois passos. Num primeiro momento o bug obriga-os a trocar de password, mas depois quando os utilizadores recorrem ao iForgot ele não não funciona corretamente, o que impede a criação de uma nova palavra-passe. Os engenheiros da Apple já têm conhecimento do problema.
Fonte: 9to5Mac

Google compra Anvato: A tecnológica norte-americana confirmou a aquisição da Anvato, sem revelar números. A empresa é especializada em tecnologia de codificação, transmissão e distribuição de vídeos em diferentes plataformas. A Google já confirmou que vai integrar a tecnologia da Anvato na sua Cloud Plataform.
Fonte: TechCrunch

Xiaomi vai abrir mil lojas físicas: A startup chinesa tem crescido sobretudo graças às vendas através da internet, mas os resultados abaixo do esperado vão obrigar a tecnológica a seguir um novo caminho. O seu diretor executivo, Lei Jun, confirmou a abertura de mil lojas físicas ao longo dos próximos dois anos. Estas lojas que terão cerca de 250 metros quadrados vão servir de montra para vários produtos da empresa e não apenas para telemóveis inteligentes.
Fonte: GSM Arena