Pilotar um drone tem muito que se lhe diga, sobretudo se não for um equipamento com um bom sistema de estabilização. Factores como o vento, a autonomia do equipamento ou algo mais simples como falhas técnicas esporádicas podem afetar de forma séria um voo.

Por que razão isto é perigoso? Além de poder provocar danos durante a queda – seja numa pessoa ou em cima de um carro -, provoca também danos à aeronave autónoma não tripulada. Por isso é que a ParaZero pode ter inventado aquele que será o próximo grande sucesso além dos drones: paraquedas para drones.

Estes sistemas que suavizam as quedas estão a ser desenhados para que o disparo total do paraquedas seja feito em décimos de segundo e seja eficaz em distâncias tão curtas como três metros. O ArsTechnica refere que a ParaZero esteve no evento de drones XPONENTIAL, nos EUA, a apresentar o sistema SafeAir.

O sistema desenvolvido pela empresa é independente do drone e tem eletrónica própria, como um chip que consegue detetar quando o equipamento está em queda livre. E pelo que as imagens dão a entender, será possível empacotar novamente o paraquedas para novas utilizações.

Até ao momento ainda não existe informação sobre o preço que o SafeAir pode vir a ter ou quando vai chegar ao mercado. Mas será acima de tudo um acessório valioso para drones mais caros ou que transportam equipamento multimédia como uma câmara fotográfica.

O produto da ParaZero evitará assim quedas, mas também algumas salvações dramáticas com esta que se tornou famosa durante o ano de 2015:





Sem mais artigos