A empresa que já trouxe ao mundo de videojogos alguns dos lançamentos mais aclamados de sempre, como Half-Life 2, Portal 2 ou DOTA 2, está a trabalhar ativamente no segmento da realidade virtual. Além da parceria com a HTC no desenvolvimento dos Vive e do ecossistema que existe em torno dos óculos, a Valve também está a trabalhar em produções próprias.

A confirmação foi dada pelo fundador da empresa, Gabe Newell, num evento de perguntas e respostas organizado no Reddit.




“A grande questão no momento é alargar o leque de opções que temos na criação de experiências. Pensamos que investir em hardware vai dar-nos essas opções. Os controladores Knuckles [revelados em outubro de 2016] estão a ser desenhados ao mesmo tempo que desenhamos os nossos próprios jogos de realidade virtual”, afirmou Gabe Newell.

Quando questionado sobre o interesse da Valve em fazer um jogo de realidade virtual ‘completo’, o fundador da tecnológica foi perentório: “Sim. Pensamos que a realidade virtual é bastante importante como ferramenta para jogos interessantes”.

Apesar do forte suporte que a Valve tem dado ao segmento da realidade virtual – na sua loja também estão disponíveis jogos para os Oculus Rift e para os OSVR -, a empresa apenas lançou um conjunto de pequenos jogos para este formato. The Lab está disponível para os HTC Vive, mas não representa a interpretação de jogo completo que os utilizadores esperam da Valve.

Apesar da confirmação dada por Gabe Newell ao nível de desenvolvimento, não existe qualquer confirmação sobre o projeto que está a ser criado ou sobre quando pode ser disponibilizado.