O Web Summit chegou oficialmente ao fim e já há um nome que vai ficar para a história: Kubo Robot. A empresa dinamarquesa foi a grande vencedora do concurso de startups que é o mote principal do Web Summit.

Mas este não era o único projeto interessante para conhecer na maior feira de empreendedorismo. Por isso é que criámos a série ‘À caça de startups’. Ontem demos-lhe a conhecer cinco startups, hoje ficam mais cinco.




JeeNeeApp: Sistema de pagamento e transferência de dinheiro móvel e que não necessita de acesso à internet. O utilizador só precisa de associar o número de smartphone à conta do banco. O projeto teve origem na Nigéria.

Float: Esta é uma aplicação de conteúdos de realidade aumentada que permite aos utilizadores saberem quais são os sítios que proporcionam as melhores experiências de restauração, entretenimento, desporto, entre outros. Basta ligar a câmara do smartphone e olhar à sua volta.

Positive Hugs: Uma rede social destinada para pessoas que têm o vírus VIH e que acaba por funcionar um pouco como o Tinder. Já tem mais de seis mil utilizadores.

Spray Printer: Este é um equipamento que permite a qualquer pessoa utilizar latas de spray de forma mais profissional e precisa. Este dispositivo regula os fluxos de tinta e ajuda a criar resultados criativos num curto espaço de tempo.

Hardahweb: Esta empresa está a tentar transformar a experiência de utilização que as pessoas têm enquanto navegam no desktop. O objetivo é simplificar o cada vez maior número de serviços online usados em torno de um interface que tem inspiração nos sistemas operativos móveis.