Na E3 2019 a Microsoft revelou a Xbox Scarlett, a sua nova consola de próxima geração, a consola vem equipada com um processador AMD Zen 2 preparando assim a consola para jogos mais pesados que surgirão no futuro.

Em grande parte o anúncio manteve-se lado a lado com os rumores anteriores sobre a próxima máquina de jogos da Microsoft… Mas com uma grande exceção – a empresa revelou apenas um novo modelo de consola, enquanto os rumores anteriores afirmavam que a Microsoft estaria a trabalhar em duas consolas distintas.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Para aqueles que não acompanham os rumores em torno da próxima geração de consolas de gaming, fontes internas relataram anteriormente que Scarlett era o cognome  de todos os projetos da Xbox para a próxima geração e que a empresa estaria a trabalhar num par de máquinas. O primeiro projeto, com o cognome Anaconda, diria respeito a uma máquina poderosa para os entusiastas. O segundo, Lockhart, estaria a ser projetado como uma opção menos dispendiosa para um jogador mais casual. Basicamente, olhando para a atual geração, Anaconda foi a Xbox One X e Lockhart foi a Xbox One S.

Brad Sams, jornalista na Thurrott, escreve agora que a Microsoft estará a focar-se apenas numa única consola para a próxima geração. A Microsoft estará agora a concentrar-se no modelo do projeto Anaconda deixando de lado o projeto Lockhart.

De acordo com Brad Sams, a decisão de se concentrarem numa única consola foi feita porque os developers estavam a ter problemas para desenvolver jogos para os dois modelos de consola que, como já referimos, apresentam especificações diferentes.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Muitos optaram pelo desenvolvimento de jogos para o projeto Lockhart primeiro, o que resultou em jogos que não estavam a aproveitar ao máximo o poder do projeto Anaconda… Algo que a Microsoft não quer com a poderosa PlayStation 5 (nome não oficial) nos bastidores. O novo plano passará por tentar empurrar os jogadores mais casuais, que não queiram investir numa consola de topo, para o serviço de streaming da Microsoft (xCloud) que, tal como percebemos durante a E3 2019, está numa fase muito avançada de desenvolvimento.

O, até agora conhecido por, Project Scarlett verá a luz do dia durante o final de 2020.

Sem mais artigos