Chocobo GP

Chocobo GP – Análise

Esteticamente, Chocobo GP cumpre todos os requisitos. É um autêntico cartoon e mesmo que não chegue aos patamares gráficos de Mario Kart ou outros jogos AAA na Switch, não fica nada a dever à qualidade“.

Se são fãs de Final Fantasy, de certeza que conhecem as criaturas mais adoráveis de todos os jogos, os chocobos. Ao longo dos jogos da série têm servido como meio de transporte e em Final Fantasy 7 especialmente, fazemos corridas no Gold Saucer. Tem havido vários jogos tendo os chocobos como protagonistas, principalmente no Japão, mas o mais conhecido deve ser Chocobo’s Mystery Dungeon que foi lançado em todos os territórios.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Agora, os fãs de chocobos têm mais um jogo a ter em conta (já tinha havido um Chocobo Racing em 1999), mais um jogo de corridas ao estilo de Mario Kart, que traz muitos dos personagens de Final Fantasy a juntarem-se a um título que faz muito fan service aos amantes da franquia.

Modos não faltam!

A Square Enix introduziu vários modos de jogo com uma oferta muito boa para um kart racer.

O modo que dá nome ao jogo, Chocobo GP é provavelmente o mais divertido e ambicioso. É um torneio online com 64 (!) jogadores, bem construído, divertido, ambicioso e resulta muito bem para quem já terminou o Story Mode. Temos de ultrapassar vários rounds no torneio para nos tornarmos vitoriosos e pelo que consegui perceber, há sempre eventos sazonais a decorrer.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Se quiserem jogar sozinhos, já mencionei o Story Mode que basicamente serve para desbloquear novos personagens ao completar desafios específicos (normalmente ganhar a um certo inimigo numa pista específica). Este modo é muito simples como devem calcular, é uma história sem grandes eventos e muito orientado para o público mais novo. Depois de uns capítulos dei por mim a passar o diálogo já que não houve muita inspiração no guião, mesmo sendo para os mais novos.

Chocobo GP 1

O Time Trial deixa-nos correr e tentar bater os nossos recordes, para além de poder treinar para o online que é o maior desafio do jogo, porque nunca sabemos quem vamos encontrar. Podemos correr contra os tempos do nosso ghost ou de outros jogadores e é sempre divertido alcançar mais um recorde enquanto nos desafiamos a nós próprios cada vez mais. Os restantes modos são os normais neste género, jogar apenas uma corrida ou mini torneio de quatro pistas ao estilo de Mario Kart. No multijogador podemos apenas jogar em ecrã dividido com mais uma pessoa e parece uma oportunidade perdida ao não contemplar quatro jogadores, que para os mais novos seria uma tarde bem passada.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Existe uma versão lite na eShop que é grátis e permite testar o single player (apenas o prólogo do Story Mode) e no multiplayer o modo Chocobo GP e ao comprar a versão completa todo o progresso migra para o jogo final.

De kart ou patins?

Qual seja o modo que escolham para se divertirem, a jogabilidade é que conta nestes títulos e Chocobo GP cumpre bastante bem. É balanceada e os controlos são suaves e num instante já parecemos profissionais da coisa. Os power ups, sempre importantes nestes jogos, são imaginativos e alguns trazem ideias novas. Um deles transporta-nos de um ponto na pista para outro mais à frente, mas se apanhamos um portal de outro corredor, somos enviados para um ponto atrás. É divertido aprender o que estes poderes fazem principalmente porque estou muito habituado só a jogar Mario Kart. Há personagens que que correm em karts e outros em patins, misturando bem esta fórmula de fantasia com um racer para crianças.

Chocobo GP 3

Uma grande diferença que existe em relação ao Mario Kart é que Chocobo GP tem, para cada personagem, uma habilidade especial (pensem num Ultimate) que vos dará uma vantagem na corrida (temos de a carregar e podemos usar quando assim entendermos). Algumas destas habilidades são muito úteis e com animações muito bem executadas. Um personagem tem invencibilidade, enquanto outro pega no seu kart ao ombro e depois corre por uns breves instantes. Estes momentos fazem com que cada corrida não seja igual à anterior.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Chocobo GP 2

Esteticamente, Chocobo GP cumpre todos os requisitos. É um autêntico cartoon e mesmo que não chegue aos patamares gráficos de Mario Kart ou outros jogos AAA na Switch, não fica nada a dever à qualidade. No contexto que se apresenta, virado para os mais jovens, é muito apelativo, colorido e vibrante. Os power ups e as habilidades têm boas e vistosas animações, os circuitos são imaginativos e ver os personagens de Final Fantasy nas nossas mãos é sempre um prazer.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

No som, as vozes dos personagens são irritantes (mas como é tipo cartoon são necessárias), e os efeitos sonoros são muito bons. Mas o melhor de tudo é toda a banda sonora do jogo, as peças mais sonantes da série Final Fantasy têm aqui um papel importante na nossa imersão no jogo, principalmente ligar na nossa cabeça que estamos a jogar um kart racer com as nossas personagens preferidas da franquia.

patreon

Considerações finais

Chocobo GP não reinventa a roda, mas tenta separar-se o máximo de Mario Kart mesmo tendo algumas coisas em comum. É estranho que tenha sido lançado na mesma altura que o DLC de Mario Kart e que provavelmente muita gente irá voltar ao rei dos kart racers, mas tem muita coisa que os fãs do género poderão apreciar.

Siga o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Se há alguma coisa a apontar, de vez em quando fica tudo muito caótico na pista (mas que é normal neste tipo de jogos) e os tempos de loading são maiores do que o esperado. No entanto, há muito conteúdo para explorar e se forem fãs de Final Fantasy vão gostar ainda mais deste título da Square Enix

Clica na imagem para mais informação sobre as nossas classificações

+ Banda sonora
+ Power Ups e habilidades especiais
+ Torneio online para 64 jogadores

– Tempos de loading
– Story Mode sem grande história

N.R.: A análise a Chocobo GP foi realizada numa Nintendo Switch com acesso a uma cópia do jogo cedida pela Nintendo Portugal

O Future Behind em "Dark Mode"