Gravastar Mars Pro

Gravastar Mars Pro – Som e design lado a lado

Depois de ter testado os earbuds da Gravastar que nos deixam abrir caricas – os Gravastar Sirius Pro – não podia deixar passar a oportunidade de testar, e de vos mostrar, a coluna da mesma marca, a Gravastar Mars Pro.

Segue o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

A coluna bluetooth apresenta-se com um design que parece saído de um filme de ficção ciêntifica ou de qualquer obra cyberpunk e diz a marca que têm autonomia de até 15 horas. Será que é capaz de impressionar se ignorar-mos o design?

.

Grande parte da coluna é construida em metal, fazendo com que o toque e o peso da mesma me fizessem sentir que estava com um produto premium nas mãos. A coluna é pesada para o tamanho que têm e nenhum detalhe da construção aparenta ser deixado ao acaso ou ter menos qualidade… a própria experiência de unboxing é bastante satisfatória, nada foi deixado ao acaso.

Arranjei um sítio na sala para meter a coluna, entre plantas, meio disfarçada num ambiente mais clássico. Era altura de receber visitas e queria perceber se, de facto, a Gravastar Mars Pro conseguia ter aquele efeito wow nas pessoas quando percebiam o que era. Coluna ligada a passar a banda-sonora de Arcane e as visitas começaram a chegar… a primeira, a minha irmã, perguntou logo “o que é que é aquilo?”. Depois de saber o ar de espanto foi imediato e claro, que quis pegar na coluna para inspecionar cada canto deste pequeno robot.

Segue o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

O resto das pessoas tiveram uma reação semelhante, principalmente na parte de querer mexer na coluna para ver cada detalhe. Uma coisa é certa, o design da Gravastar Mars Pro, caso tenha sido escolhido para impressionar, cumpre bem o seu objetivo.

Bass a mais, mas nada de grave

Ligar a coluna continua a ser uma experiência diferente. Geralmente estamos habituados a ouvir uma voz a indicar que está pronta para conectar aos aparelhos bluetooth certo? O mesmo acontece com a Gravastar Mars Pro, mas antes dessa voz temos um som idêntico aos barulhos feitos por máquinas futuristas ou robots a ligar. Este som não acrescenta nada às funcionalidades da coluna, mas acaba por ser outro facto wow, fazendo com que a pequena coluna não deixe de surpreender.

A coluna apresenta-se com três botões, um para pausa, um para a conexão bluetooth e outro para XXX. Para além destes botões existe ainda uma zona touch no topo da Mars Pro que permite aumentar ou reduzir o volume. Embora esta zona não sejam muito sensível ainda permite que consigamos fazer um fade-out ou fade-in quando estamos a aumentar o volume apenas com o deslizar de um dedo.

O volume da coluna, quando no máximo, é suficiente para chatear os vizinhos ou fazer uma festa na sala de vossa casa. A verdade é que mesmo no máximo o som que sai da Gravastar Mars Pro matem-se sempre bastante equilibrado e sem distorção que consigamos perceber ao ouvir música. Os agudos são limpos e não apresentam qualquer tipo de artefacto e, do outro lado, o único problema é que em alguma faixas a Mars Pro pareceu apresentar os graves um pouco mais graves do que aquilo que gostaria, mas mesmo assim a qualidade do som não é demasiado afetada.

Segue o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Os graves mais acentuados em algumas músicas tudo indica que sejam responsabilidade do software embutido na coluna, que serve, em maior parte dos casos, para ajustar os sons de forma a que o utilizador final tenha a melhor reprodução possível. Em tudo isto, o único ponto negativo é a falta de software próprio da marca para poder-mos ajustar manualmente os níveis.

Importa ainda referir que a coluna, através da sua ligação bluetooth consegue ser ligada a uma segunda Gravastar Mars Pro para conseguir ter som stereo… algo que faz desta pequena coluna uma opção interessante para ter numa TV usada para videojogos, por exemplo, ou até para cinema.

Tal com o bass também a bateria da Gravastar Mars Pro aguenta mais que aquilo que é prometido, pelo menos assim que sai da caixa e durante os primeiros 5 ciclos (foi este o período de testes), mas acredito que continue assim por mais tempo, ou caso reduza que seja para as 15 horas prometidas pela marca. Nestes 5 ciclos a bateria aguentou certa de 18 horas com o volume a variar entre os 75% e os 100%, algo que está três horas acima do tal período prometido. Este bom desempenho da bateria surpreendeu bastante tendo em conta ainda os LEDs que a coluna tem à sua volta que, embora não seja um abuso, acabam por consumir bateria.

patreon

Considerações Finais

A Gravastar Mars Pro cumpre com tudo o que promete, um design agressivo que impressiona, uma bateria que consegue aguentar mais do que o prometido e um som que, embora tenha algum excesso de graves em algumas músicas, apresenta-se bastante equilibrado.

Segue o Future Behind: Facebook | Twitter | Instagram

Se estão no mercada a procurar uma coluna resistente e que ao mesmo consiga fazer parte de algumas decorações (principalmente em ambientes mais ligados aos videojogos) a Gravastar Mars Pro é uma excelente escolha.

rating recomendado

+ Bateria com excelente autonomia

+ Som bastante equilibrado grande parte do tempo

+ Design que impressiona  

 

– Falta uma app para conseguir personalizar o audio

– Alguns momentos de graves mais fortes que o desejável

N.R.: A análise à Gravastar Mars Pro foi realizada com acesso a uma unidade do produto cedida pela Gravastar.

O Future Behind em "Dark Mode"